Unimed usa infraestrutura na nuvem e agiliza plataforma para compartilhar informações sobre Covid-19

202

Diversas empresas estão avançando rapidamente para combater a transmissão do novo Coronavírus. Um dos exemplos de atuação a favor da saúde da população é a Cooperativa Central das Unimeds do Rio Grande do Sul, em apoio as demais operadoras de plano de saúde Unimed do Brasil, que contou com a ajuda da Oracle para compartilhar informações no combate à pandemia.

Em dois dias foi implantado um serviço que apoia os registros de casos do Covid-19, bem como leitos hospitalares simples e de UTI para a sua carteira de clientes que conta com mais de 17 milhões de pessoas o Brasil. Ao migrar as informações sobre a doença no Oracle Cloud Infrastructure (OCI), serviço contratado em outubro de 2019, a Unimed Central RS duplicou o banco de dados Oracle existente e criou um novo serviço digital: denominado o Fast PEP Unimed Covid-19.

Em apoio ao Ministério da Saúde do Brasil, a plataforma está disponível para todas as 344 unidades do Sistema Unimed do país, que cobrem 85% do território nacional, via web e dispositivos móveis, que podem acessar um prontuário eletrônico numa versão simplificada e exclusiva com o protocolo do Ministério da Saúde para Controle, Monitoramento e Acompanhamento dos pacientes com Covid-19. Isso reforça a prática clínica com base nas melhores evidências, articulando a coordenação do cuidado e a integração dos demais serviços. Agora a solução, que está ambientada na nuvem de segunda geração da Oracle, ajuda no monitoramento dos pacientes com o vírus, incluindo visualização de disponibilidade de leitos e acompanhamento de tratamentos na rede de hospitais credenciados.

De acordo com Leandro Schmitz, coordenador de TI na Unimed Central RS, a plataforma facilita a rotina dos profissionais de saúde do Sistema Unimed, que poderão registrar a evolução dos pacientes diagnosticados. “Estar em ambiente de nuvem vai agilizar muito a nossa rotina, uma vez que as 344 unidades da Unimed do País e seus 199 hospitais próprios estarão gerenciando os casos on-line, permitindo acessar e relatar ao governo as informações estatísticas sobre todos os casos em uma única plataforma”, explica Schmitz.

Para a Oracle, essa parceria mostra que a tecnologia vai além da inovação. “Essa é uma demonstração de como podemos colaborar com a sociedade, ajudando tanto na identificação de casos, como na agilidade do tratamento. A tecnologia se diferencia devido ao fator humano e, nesse momento, é esse contexto que queremos preservar com as nossas soluções”, disse Tennessee Howard, diretor sênior de Cloud Infrastructure, Oracle América Latina.

Ainda no mês de março deste ano, a Unimed expandiu o serviço para ajudar os 116 mil médicos do Sistema Unimed no Brasil a realizarem suas consultas de forma virtual, atendendo os pacientes que não possuem o Covid-19 por telemedicina e tele consulta também instalada na infraestrutura Oracle Cloud.