Vagas em enfermagem voltam a crescer em março

Desde a eclosão da pandemia no Brasil, no ano passado, os meses de março de 2020 e dezembro registraram o maior volume de oportunidades abertas em enfermagem, com 894 e 830 vagas, respectivamente. Na comparação com o mês anterior, o crescimento foi de 250% e de 184%. Em março deste ano, a área voltou a registrar aumento de abertura de vagas, indicando uma relação entre os casos de Covid-19 e as oportunidades no setor. Atualmente o Banco Nacional de Empregos regista 13. 447 vagas abertas para as ocupações de técnico de enfermagem, enfermeiro, auxiliar de enfermagem, supervisor de enfermagem e gerente de enfermagem.

De janeiro a abril de 2021, houve redução de 30% em vagas em relação ao ano passado. Em 2021, foram 1.501 oportunidades contra 2.148 em 2020. Os dados, porém, não podem ser analisados isoladamente. “Os números continuam bons em comparação com outros anos, sendo março de 2021 com bom desempenho, com 426 vagas”, explica o CEO do Banco Nacional de Empregos (BNE), Marcelo de Abreu.

Na Semana da Enfermagem, comemorada entre os dias 12 e 20 de maio, o BNE fez uma análise das oportunidades abertas para o setor ao longo do enfrentamento à pandemia.

Contextualização necessária

A comparação com março de 2020 precisa ser devidamente contextualizada, já que representou a chegada da pandemia no Brasil. “Os hospitais e centros de atendimento precisaram escalar mais profissionais para ajudar no controle e no combate à uma doença que ainda era desconhecida no país”, explica.

De acordo com Abreu, em dezembro do ano passado, a expansão de vagas esteve relacionada ao aumento de casos de Covid-19. “Em dezembro, vimos um crescimento de casos que se estendeu até abril desde ano, o que também indicou a necessidade de abertura de vagas em enfermagem”, comenta.

Segundo o BNE, o primeiro trimestre de 2021 teve aumento de 17% em vagas abertas para enfermeiros. “Temos expectativa de que as vagas no segmento continuem em expansão neste ano. A pandemia trouxe lições e aprendizados e um deles é que não podemos nos descuidar da saúde, o que maximiza a importância desses profissionais”, diz Abreu.

Confira as variações salarias dos profissionais de enfermagem

Gerente de enfermagem

R$ 3.994,17

Supervisor de enfermagem

R$ 3.277,86

Enfermeiro

R$ 2.761,18

Técnico de enfermagem

R$ 2.146,41

Auxiliar de enfermagem

R$ 1.603,24

Confira a quantidade de vagas abertas no site do BNE

Gerente de enfermagem

36

Supervisor de enfermagem

52

Enfermeiro

3761

Técnico de enfermagem

8354

Auxiliar de enfermagem

1244

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.