Vestibular e medicina: o primeiro passo para quem salva vidas

As inscrições dos vestibulares de medicina já começaram por todo o Brasil. Para os candidatos, com certeza, é motivo de muita angústia e ansiedade, e não só pela conquista de entrar na faculdade, mas, principalmente, saber o que esperar desse curso que tem seis anos de duração, além das especializações, e muitos conteúdos que devem ser minunciosamente estudados.

Felipe Magalhães, já passou por isso, e muito mais do que exercer a medicina, se tornou coordenador de conteúdo da maior plataforma de streaming para esses estudantes, o Jaleko, e afirma: não é um bicho de sete cabeças, se tiver foco e a ferramenta certa, com certeza o tempo de faculdade será muito mais proveitoso e a carreira será bem-sucedida.

Este panorama, apenas na Fuvest, de 100 candidatos por vaga, mostra o desespero que uma pessoa que decide ir para área mais difícil da saúde passa. E, ainda, tem que lidar com tudo o que vem pela frente, a antecipação do medo é justificada.

Para isso, o futuro médico tem que ter consciência que precisa seguir alguns passos, já começando pela prova de vestibular, e o doutor Felipe dá dicas de ouro:

Para os vestibulandos:

– O primeiro e mais importante passo é não desista na primeira tentativa. Talvez não passe dessa vez, mas se estudar mais um pouco e se dedicar, com certeza será a sua vez.

– Claro, tudo aquilo que já ouviu, se alimente bem, não esqueça as recomendações, descanse no dia anterior e não deixe que o nervosismo faça a prova.

– Dedique-se a redação, pule as questões mais difíceis, perca tempo interpretando enunciados e seja objetivo nas provas dissertativas.

– Não Invente! Os calmantes podem ser utilizados conforme prescritos, ou seja, se for de rotina do estudante, caso contrário não tome. Se o hábito for 300ml de café puro todos os dias, tudo bem, caso não, é possível que o efeito atrapalhe durante a prova.

Passei:

Agora o futuro médico tem uma jornada pela frente e, também, precisa de muita força de vontade para se tornar a melhor versão de si mesmo.

– É necessário absorver o máximo de conteúdo possível, a dedicação é total. Portanto, utilize todas as ferramentas que tiver ao seu alcance para que isso aconteça. Plataformas como o Jaleko dispõe de matérias e conteúdos suficientes para que o aprendizado seja contínuo.

– Pratique! Laboratórios virtuais do Jaleko dão a possibilidade de poder praticar diagnósticos e anatomia. Assim, o estudante já pode ir se familiarizando com as possibilidades de sua carreira.

– Sem ansiedade! Primeiro se dedique ao curso básico da medicina, depois pense no que quer se especializar. E não se esqueça de olhar para o futuro com a mente aberta, pois atualmente não basta ser médico, precisa entender todo o processo desta renomada profissão.

– Aproveite para conhecer o que está escondido, como exemplo, marketing médico. São muitas áreas que se abrem em relação aos pilares: clínica, hospitalar, gestão e acadêmica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.