Associação de Medicina Intensiva certifica dois hospitais

1519

A gestão realizada pela Pró-Saúde resultou em um importante reconhecimento técnico emitido pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) para dois hospitais públicos gerenciados pela entidade.

A certificação, concedida em parceria com a Epimed Solutions, reconhece a Gestão de Indicadores de Qualidade e Desempenho no trabalho desenvolvido nas UTIs das unidades.

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA), gerenciado sob contrato de gestão com a Secretaria de Saúde do Estado do Pará (Sespa), foi certificado pela segunda vez pela AMIB.

A acreditação atesta que a UTI Adulto do Metropolitano está em consonância com os parâmetros estabelecidos pela resolução da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Hospital insere de forma contínua os dados clínicos e epidemiológicos dos pacientes internados na Unidade por meio do Sistema Epimed Monitor.

O Metropolitano possui duas Unidades de Terapia Intensiva Adulto, cada uma com dez leitos — e é referência no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados para a região Norte do país pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A unidade dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusivo para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.

Já o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória (ES), pelo terceiro ano consecutivo, também recebeu a certificação da Associação de Medicina Intensiva Brasileira.

Para alcançar o reconhecimento, o HEUE atestou os resultados alcançados na gestão das UTIs, cujo objetivo é atender aos padrões de funcionamento, visando a redução de riscos aos pacientes, visitantes, profissionais e meio ambiente.

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência é referência capixaba em atendimento ao trauma. Ele é gerenciado desde 2015 pela Pró-Saúde, por meio de contrato de gestão firmado com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

A Unidade possui 121 leitos de enfermaria, 40 leitos de UTI e 14 leitos de UADC (Unidade de Alta Dependência de Cuidados), além de possuir um pronto-socorro com atendimento 24 horas.

Para a Pró-Saúde, o reconhecimento por parte das certificações representa a excelência dos cuidados aos pacientes críticos, além do direito a uma saúde pública de qualidade voltada aos serviços de assistência ao cidadão.

Deixe seu comentário