Casa de Saúde São José monta moderno Centro de Medicina Nuclear

763

A Casa de Saúde São José, do Rio de Janeiro (RJ), deu início às atividades do novo Centro de Medicina Nuclear. Além de ampliar os serviços de Diagnóstico por Imagem, o hospital passou a ter foco em Oncologia, especialidade que começou a ser oferecida em 2018. Com investimentos da ordem de R$ 20 milhões, a área de Medicina Nuclear reúne PET-CT, ressonância magnética e cintilógrafo de última geração.

De acordo com o médico Ilan Gottlieb, coordenador do Centro de Diagnóstico por Imagem da Casa de Saúde São José, o Centro de Medicina Nuclear oferecerá dois novos exames: pet scan, usado para verificar o metabolismo das células e solicitado primariamente em casos de pacientes oncológicos, e cintilografia, usada em múltiplas situações clínicas, como a  análise do fluxo de sangue para o coração, pulmões e cérebro para detectar e localizar metástases, sangramentos digestivos, investigar focos infecciosos, entre outras funções.

O projeto de crescimento e modernização do hospital também prevê a diversificação dos serviços de Radiologia, com área triplicada e reformada. A grande novidade é a aquisição de uma ressonância magnética que oferece mais conforto ao paciente e apresenta um diagnóstico mais efetivo. O funcionamento do novo aparelho está previsto para julho de 2019.

“Estruturamos um centro médico com a diversificação da área de Diagnóstico por Imagem e novos serviços relacionados à Oncologia. O hospital investiu em tecnologia e infraestrutura, complementares à excelência do staff médico da Radiologia e do restante da instituição”, explica Gottlieb.

Diretor executivo da Casa de Saúde São José, Nélisson do Espírito Santo destaca que o hospital montou uma equipe especializada em Hematologia e Oncologia, e passou a oferecer uma Emergência Onco-hematológica. Até o fim deste ano, começará a realizar transplantes de medula óssea. “A Casa de Saúde São José vem crescendo, modernizando instalações e ganhando novos serviços, sem deixar de representar um espaço de acolhimento, marca impressa ao longo de décadas pela Associação Congregação de Santa Catarina, rede filantrópica da qual fazemos parte”, frisa o executivo.

Deixe seu comentário