Hospital Moinhos de Vento lança estudo sobre HPV em esquenta de Carnaval

789
Foto: Leonardo Lenskij

No aquece de Carnaval, entre as noites de 27 e 28 de fevereiro, equipe do Hospital Moinhos de Vento percorreu mais de dez bares nos bairros Cidade Baixa e Bom Fim, em Porto Alegre (RS). Os integrantes do Projeto HPV, coordenado pela epidemiologista Eliana Wendland, distribuíram porta copos informativos e preservativos. Além de conscientizar os foliões sobre o sexo seguro, a iniciativa marcou o lançamento do Estudo Sobre HPV e Saúde Sexual (SMESH) – que busca conhecer a realidade de gays (HSH) e profissionais do sexo.

A pesquisa será aplicada nas cinco regiões brasileiras até o final de 2020 e é uma parceria com o Ministério da Saúde, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS). O projeto vai aplicar questionários e coletar material biológico de cerca de três mil pessoas do grupo em análise. O objetivo é avaliar, em âmbito nacional, a ocorrência de papilomavírus humano (HPV) para, posteriormente, traçar estratégias de prevenção e controle.

Para a coordenadora técnica da iniciativa, a divulgação em bairros boêmios e de grande circulação foi proposital para que o projeto seja amplamente conhecido por populares. “No mundo todo há um grande movimento de prevenção do HPV e estudos aprofundados sobre o tema ajudam nesta lógica de conscientização”, explica. A ação antecipa o Dia Internacional de Conscientização Sobre o HPV, celebrado anualmente em 4 de março.

As cidades de Porto Alegre (RS) e João Pessoa (PB) serão pioneiras no projeto, tendo auxílio de organizações não governamentais e associações representativas.

Deixe seu comentário