1° Simpósio Internacional de Ecocardiografia Fetal e Pediátrica torna-se um grande marco na medicina especializada

O 1° Simpósio Internacional de Ecocardiografia Fetal e Pediátrica organizado pelo Instituto Lilian Lopes e realizado no Auditório do Hospital Santa Catarina, em São Paulo (SP), com uma programação repleta de célebres congressistas, reuniu mais de 180 profissionais da área, entre eles, médicos Cardiologistas, Ginecologistas, Obstetras, Pediatras, Intensivistas e Ultrassonografistas. “O Simpósio foi um sucesso e trouxe meus ex-alunos dos cursos de Pós-Graduação, que tiveram a experiência de estar de frente com profissionais que foram suas referências na faculdade e no curso de pós. Agradeço pela participação de todos e estou muito feliz por realizar esse evento que, com certeza, influenciou a forma como esses profissionais enxergam a medicina fetal e pediátrica”, comenta Dra. Lilian Lopes, que realizou um sonho ao promover seu primeiro Simpósio sobre o assunto. O evento ainda contou com a participação de médicos renomados e com grande experiência em cardiopatia congênita. “A cardiopatia congênita tem uma incidência oito vezes maior que a Síndrome de Down. O que mais mata em vida fetal é o coração”, afirmou o Dr. Leandro Lopes, Coordenador de medicina fetal no Laboratório Cura Jardins, além de Preceptor da Residência de Ginecologia e Obstetrícia na Faculdade do ABC e coordenador científico do Simpósio que apresentou a aula “Anomalias venosas fetais com envolvimento cardíaco”.

Um dos organizadores do evento, Carlos Cateb – sócio administrador do Instituto Lilian Lopes, conta que fizeram o 1° Simpósio Internacional de Ecocardiografia Fetal e Pediátrica, com o objetivo de que os profissionais pudessem interagir e aprofundar-se no tema do coração fetal e pediátrico. Também da parte da organização, Priscilla Assumpção – diretora executiva do Instituto – contou que ver o evento acontecendo é um verdadeiro orgulho para todos, visto que foi fruto de muitos meses de um intenso trabalho em equipe que resultou em uma experiência de alto impacto para o público final. Os médicos que praticamente dividiam-se entre Ecocardiografistas, Cardiologistas, Obstetras, Pediatras e Ultrassonografistas, demonstraram grande interesse nas palestras e aulas. “A importância desse evento para mim é a atualização e o conhecimento de uma nova área. Sou Pediatra e quero me especializar na área da Ecocardiografia Pediátrica”, contou Luciana Sobral, uma das médicas participantes do Simpósio.

Para tornar-se ainda mais especial, o 1° Simpósio Internacional de Ecocardiografia Fetal e Pediátrica contou com a presença de especialistas internacionais, como Lilian Lopes, Dr. Mark Friedberg, Dr. José Pedro da Silva e Shraga Rottem.

Os demais congressistas que estavam presentes, também possuem extensos currículos e experiências que influenciaram diretamente no aprendizado dos convidados. Em meio a eles, estavam profissionais como: Rossana Pulcinelli, Ciro Dresch Martinhago, Márcia Barberato, Fabrício Marcondes Camargo, Glaucia Maria Penha Tavares, Juliana Torres Pacheco e Karla Luiza Matos Pedrosa, entre outros. O Dr. Fabrício Marcondes, médico assistente em Ecocardiografia Fetal e Pediátrica na Ecokid, comentou que a grande maioria dos médicos que procuram especialização na área da medicina fetal e pediátrica, interessam-se por assuntos que possam se aprofundar, principalmente quando tem alguma referência em médicos que possuem vasta experiência. “Em minha palestra, falei um pouco sobre como é feita a seleção de crianças para que sejam atendidas conforme sua necessidade, e qual o método utilizado para isso, sendo que a fila de espera é muitas vezes extensa”, declara o médico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.