12 de junho – Dia Nacional de Conscientização da Cardiopatia Congênita

A cardiopatia congênita é qualquer anormalidade na estrutura ou função do coração que surge nas primeiras oito semanas de gestação, quando se forma o coração do bebê. De acordo com o Ministério da Saúde são detectados cerca de 10 casos a cada mil nascidos no país, estimando em 29 mil o número de crianças que nascem com cardiopatia congênita por ano.

Um dos exames que é realizado durante a gravidez que demonstra as alterações cardíacas é o Ecocardiograma, que identifica desde pequenos defeitos, como um sopro, até um caso mais complexo de cardiopatia congênita. Por não ser invasivo, não requer anestesia trazendo maior tranquilidade aos pais e responsáveis.

O pequeno Gustavo Souza, hoje com quatro anos, foi um dos pacientes que teve sua cardiopatia congênita detectada a partir do Ecocardiograma. Por meio do exame realizado na 24ª semana de gestação foi detectada uma arritmia cardíaca e daí constatada para a Síndrome do coração esquerdo hipoplásico.

De acordo com o Dr. Gustavo A. G. Fávaro, Cardiologista e Ecocardiografista pediátrico e fetal do Sabará Hospital Infantil “As cardiopatias congênitas estão entre as principais causas de mortalidade infantil. Por esse motivo, o diagnóstico ainda na gravidez pode salvar muitas vidas, pois algumas cardiopatias precisam de intervenção em centro especializado logo após o bebê nascer. Realizar o ecodopplercardiografia fetal entre 24 e 30 semanas de gestação atualmente se faz necessário para o diagnóstico que na maioria das vezes não é identificado ao ultrassom morfológico”.

O Sabará Hospital Infantil oferece o que há de mais moderno na realização do ecocardiograma fetal e pediátrico, com um equipamento que mostra imagens em uma resolução de 4D e bidimensional melhorando ainda mais a eficácia no diagnóstico.

“Por ser o único hospital exclusivamente pediátrico em São Paulo com equipe preparada e toda infraestrutura necessária para cuidar da criança com qualquer tipo de cardiopatia congênita, até mesmo antes do nascimento, para a segurança do bebê o parto pode ser realizado no Sabará”, explica a cardiopediatra Lily Montalván, Coordenadora da Cardiologia Pediátrica do Hospital infantil Sabará e Médica.

Em comemoração ao Dia Nacional de Conscientização da Cardiopatia Congênita (12/06) o Sabará Hospital Infantil lança uma cartilha, que estará disponível no site  (www.hospitalinfantilsabara.org.br) com dicas para os pais sobre como identificar e cuidar das crianças cardiopatas.

“É muito importante para os pais conhecerem todo o processo de desenvolvimento da criança cardiopata, o que ela pode ou não fazer dentro das suas limitações e como com um acompanhamento especializado, se possível desde a gestação, a criança pode ter uma boa qualidade de vida”, explica Dra. Lilly.

O Departamento de Cardiologia Pediátrica do Sabará Hospital Infantil proporciona aos pais o serviço de teleconsulta que proporciona consultoria e suporte para um acompanhamento eficiente de alta complexidade. Para oferecer ainda mais segurança para o paciente e para os pais (principalmente os que moram fora de São Paulo) toda criança que passa por uma cirurgia cardíaca passa a ter o acompanhamento via telemedicina com o dispositivo conhecido como Tytocare. Outro diferencial é a UTI exclusivamente cardiológica 24h por dia além de realizar exames como ecodopplercardiografia fetal, ecocardiografia, ecocardiograma transesofágico intraoperatório, cateterismo cardíaco e estudo eletrofisiológico.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.