A.C.Camargo Cancer Center e Princess Margaret Cancer Centre assinam acordo de colaboração

664

O Princess Margaret Cancer Centre, maior e principal referência em oncologia do Canadá, e o A.C.Camargo Canter Center, principal referência do Brasil, assinaram acordo de colaboração e esperam compartilhar práticas assistenciais e indicadores clínicos, promover a melhoria de processos, implementar atividades de ensino inovadoras além de alavancar atividades de pesquisa translacional, clínica e de qualidade de vida.

“O câncer permanece um grande desafio para a medicina e para a ciência. Em 2018 foram estimados 18 milhões de novos casos, somente no Brasil 560 mil e no Canadá 249 mil. O modelo cancer center amplia a efetividade do tratamento, acelera a incorporação de novas e mais eficazes terapias, por meio da prática da medicina integrada, embasada nos avanços e disseminação do conhecimento cientifico. Felizmente cada vez mais pacientes se beneficiam, muitos superam a doença e com melhor qualidade de vida”, diz Vivien Rosso, superintendente Geral do A.C.Camargo Cancer Center.

“O câncer é um problema mundial e requer colaboração na mesma escala para o avanço significativo de resultados. O A.C.Camargo Cancer Center é a principal referência em pesquisa da área no Brasil e na América do Sul e a parceria irá promover novas ideias, intercâmbio de informação e criar novas oportunidades em pesquisa e educação que irão beneficiar pacientes no Brasil, Canadá e ao redor do mundo”, menciona a Dra. Mary Gospodarowicz, diretora Clínica do Programa no Princess Margaret Cancer Centre e membro do Scientific Advisory Board do A.C. Camargo Cancer Center.

O Princess Margaret Cancer Centre é afiliado à Universidade de Toronto, no Canadá, e almeja permanecer como um dos cinco principais centros de pesquisa em câncer do mundo. A instituição está comprometida em ampliar os patamares de excelência para o tratamento de pacientes, inovações terapêuticas, abrir caminhos para descobertas, fortalecer ensino e ampliar o acesso dos pacientes.

Referência internacional em oncologia, o A.C.Camargo Cancer Center é um dos maiores e mais importantes centros especializados no diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa sobre o câncer. Na instituição, médicos e cientistas atuam em conjunto no desenvolvimento de pesquisas que serão aplicadas no futuro da oncologia, para o aumento dos índices de cura e de sobrevida do paciente.

A parceria espera incrementar o acesso à maior oferta de novos estudos e terapias em desenvolvimento, assim como caminhos que abrirão novas áreas de investigação. De acordo com Dra. Vilma Martins, superintendente de Pesquisa do A.C.Camargo Cancer Center, estudos de pesquisa clínica e translacional deverão crescer e ser incentivados pela colaboração. “Alguns estudos clínicos podem ser realizados em parceria e incluindo pacientes das duas instituições. Ampliaremos o número de pacientes, o que catalizará o poder analítico dos dados. Estudos translacionais também serão estimulados entre os cientistas. Poderemos intercambiar amostras, moléculas, entre outros recursos, e qualificar ainda mais a pesquisa colaborativa” reforça.

O A.C.Camargo é o principal centro formador de especialistas e pós-graduados em oncologia no Brasil, e por meio da colaboração pretende ofertar novos programas de desenvolvimento em oncologia. A informação sobre a doença e sua prevenção destinada a pacientes e cuidadores também será ampliada. O Princess Margaret Cancer Centre é reconhecido como excelência internacional em tratamento, seguimento e reabilitação dos pacientes. Também desenvolveu metodologias para capacitar as novas profissões necessárias atualmente em decorrência do avanço do tratamento oncológico. As duas instituições investem na disseminação da informação sobre o câncer e como preveni-lo, direcionada à sociedade e aos pacientes que superaram a doença, na busca de promover maior qualidade de vida dos pacientes após o tratamento.

Participam da cerimônia de assinatura do acordo a Dra. Mary Gospodarowicz, diretora Clínica do Programa no Princess Margaret Cancer Centre, e o Dr. Kevin Smith, presidente e CEO da University Health Network (UHN), rede dos hospitais da Universidade de Toronto, além de Marcos Cunha e Vivien Rosso, superintendentes do A.C.Camargo Cancer Center.

Iniciativas de projetos de pesquisa cientifica, colaboração e o intercâmbio de profissionais ocorrem há mais de seis anos

Em 2013 pesquisadores das duas instituições publicaram em colaboração estudo preditivo para tumores de cabeça e pescoço, outros estudos na área da genética se seguiram e novas publicações foram realizadas. Estudos clínicos e translacionais estão ativos no momento.

Durante esse período, pesquisadores, médicos e profissionais da saúde das instituições participaram de programas de intercâmbio, fellowship e de ensino nos últimos anos.

A Dra. Mary Gospodarowicz também é membro do Scientific Advisory Board do A.C. Camargo, órgão independente que orienta e supervisiona a pesquisa científica da instituição e que é composto por renomados cientistas internacionais.

Deixe seu comentário