Artigo – Dia do Hospital é lembrança de atuação e compromisso humanos

Embora tenha nascido para lembrar a importância de uma estrutura física para se atender a pessoas com problemas de saúde (data da refundação da Santa Casa de Misericórdia de Santos-SP, em 1945, no mesmo local onde então existira uma unidade de mesmo nome, fundada em 1543), o Dia do Hospital (instituído por Decreto em 1961) engloba muito mais do que isso. Afinal, por trás de qualquer edificação em saúde há o indispensável trabalho humano: na elaboração do projeto, na construção, no planejamento em especialidades e nas atuações administrativas, clínicas, diagnósticas e cirúrgicas.

Portanto, enquanto uma data humana, celebra profissionais da saúde, de gestão, de medicina diagnóstica, e de todo e qualquer tipo de colaborador das áreas de apoio e assistência internas, sejam especializadas ou técnicas.

E, de humano, as unidades Vera Cruz entendem perfeitamente. Vera Cruz Hospital, com quase 79 anos, e Vera Cruz Casa de Saúde, recém-chegado aos três (a unidade foi instalada em 2019 no mesmo prédio de 141 anos onde funcionava a antiga Casa de Saúde, preservando-se o nome como homenagem) possuem um modelo de acolhimento empático, compreensivo, sensível e generoso. Muito além de uma marca registrada, é um pilar imutável de uma administração que zela pela pessoa antes de todo o restante.

Tal fator ganha ainda mais relevância ao se discutir o assunto em um país com grande desigualdade social. Embora o Brasil tenha aproximadamente 6,6 mil unidades hospitalares, entre públicas e privadas, segundo a Federação Brasileira de Hospitais (FBH), mais de 35 milhões de pessoas declararam ao IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) não terem acesso a qualquer serviço de saúde de uso regular, o equivalente a 16,4% da população.

Tal fator é um dos que nos impulsiona a aumentar e melhorar nossa oferta de serviços. Mas o zelo que permeia nossas ações humanas não está apenas em processos e procedimentos internos. Também faz parte do planejamento para o futuro.

Ao investirmos constantemente em reformas de modernização, em compras de equipamentos, em novas tecnologias, em material cirúrgico e insumos de várias naturezas, em abertura de leitos, em contratação de pessoal e em melhorias e aumento na oferta de especialidades, além de permanecermos incentivando o campo das ideias e dos estudos permanentes, buscamos excelência em todo nosso universo, demonstrando, assim, o cuidado com o qual a população merece e deveria ser tratada em todas as esferas.

Embora tenhamos uma excepcional capacidade de atendimentos diários em nossas unidades, estamos em constante movimento para aumentá-la, bem como nossa contingência, sem nos esquecermos de que cada paciente é digno de um acolhimento específico, individualizado e especializado, para que, assim, cada vida, particularizada, permaneça como cerne do nosso compromisso, entregue com primor e sem nenhum tipo de distinção.

Dessa forma, para nós, o Dia do Hospital é apenas mais um no calendário. Importante, relevante, mas um “dia comum”, pois traz consigo, junto aos outros 364 dias do ano, a mesma responsabilidade diária: a de celebrar e cuidar da vida das pessoas.

Crédito: Matheus Campos

 

 

 

 

Dr. Antonio Carlos Girotto Junior é Diretor de Mercado das unidades Vera Cruz em Campinas (SP) e região

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.