Casa de Saúde São José chega à marca de 600 cirurgias robóticas

A Casa de Saúde São José (CSSJ), tradicional hospital do Rio de Janeiro e integrante da Rede Santa Catarina, celebra a marca de 600 cirurgias robóticas realizadas em apenas um ano e meio. De acordo com o coordenador médico do Programa Robótico da CSSJ, Dr. Hélio Calabria, a instituição já se destaca entre as principais do país e é a primeira no Rio de Janeiro em volume mensal de procedimentos realizados.

O programa da CSSJ também foi o primeiro do país a contar com um Centro de Certificação em Cirurgia Robótica com a chancela do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC). Segundo Calabria, já são mais de 15 médicos certificados em apenas três meses e, recentemente, foi realizada a primeira certificação em cirurgia de Cabeça e Pescoço.

“Podemos operar um caso de câncer de tireoide com mais assertividade, devido ao uso do robô, e também com mais conforto para o paciente, que tem uma recuperação mais rápida e sem cicatriz. Essa é uma técnica inovadora no País que começamos a aplicar na Casa de Saúde São José”, destaca.

O médico relata também um aumento no número de cirurgias torácicas durante a pandemia, por conta da investigação em pacientes com suspeita ou diagnóstico de Covid-19. Ele explica que, por conta da pandemia, muitas pessoas passaram a fazer exames relacionados ao pulmão e, assim, descobriram precocemente casos de câncer, o que impulsionou o volume de cirurgias robóticas pulmonares.

“A robótica permite a realização de procedimentos menos invasivos, com movimentos mais precisos. Assim, o paciente sente menos dor no pós-operatório e pode se recuperar na metade do tempo de uma cirurgia convencional”, completa Calabria.

Cirurgia robótica na CSSJ

A Casa de Saúde São José implementou seu programa de cirurgia robótica em 2019, com a chegada do robô Da Vinci XI. De acordo com o diretor médico do hospital, Dr. Augusto Neno, o grande diferencial é que o aparelho conta com dois consoles. “Dessa forma, cirurgião e seu auxiliar podem atuar ativamente no procedimento, o que traz grandes benefícios para o paciente e para a equipe. O robô tem sido utilizado em cirurgias do aparelho digestivo, oncológicas, urológicas, torácicas e ginecológicas”, explica.

O robô também oferece uma visão 3D ao cirurgião, além de ampliar em até 20 vezes as imagens das estruturas vistas pela câmera do equipamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.