Centro de Tratamento de Dependência Química da Casa de Saúde Saint Roman completa 10 anos com mais de 1500 casos atendidos

628

O CITRAD – Centro de Intervenção, Tratamento e Ressocialização de Adictos, da Casa de Saúde Saint Roman, no Rio de Janeiro (RJ), está completando 10 anos, consolidando-se como um importante programa de tratamento para pessoas com problemas relacionados ao uso de substâncias psicoativas. Durante esse período foram registrados em torno de 1500 casos atendidos.

O objetivo do CITRAD é a identificação e a intervenção em casos onde o uso de substâncias ocorre sem controle e dele decorrem prejuízos de diversas naturezas (problemas no trabalho, familiares, financeiros, abandono de atividades de lazer que não envolvam a substância, entre outros). O tratamento busca que o paciente melhore seu entendimento a respeito do quadro apresentado, motive-se para o tratamento e consiga retornar para suas atividades, reintegrando-se ao convívio familiar e social.

Coordenado pela psiquiatra Dra. Renata Vargens desde 2008, o programa do CITRAD é oferecido nos serviços de internação, hospital-dia e consultórios. O espaço indicado para o tratamento é avaliado de acordo com o caso. Ao longo do tratamento, é possível que mais de uma modalidade seja necessária para o paciente, de acordo com a evolução. Nem todo paciente precisa ser internado. “Nos casos de risco grave de vida, sintomas psicóticos graves, uso compulsivo sem melhora com outras abordagens e intoxicações graves a internação deve sempre ser considerada”, informa Dra. Renata Vargens.

Dra. Renata Vargens explica que o programa conta com psiquiatras, psicólogos, conselheiros em dependência química, enfermeiros, nutricionista e profissionais especializados que desenvolvem atividades de educação física, yoga, música, cantar-terapia, arte-terapia e outras atividades em constante atualização.

A identificação de outros quadros psiquiátricos associados e o uso de medicação, quando necessário, é indicado pelo psiquiatra que acompanha o paciente. A equipe de psicologia oferece abordagem individual e em grupo e atende pacientes e familiares. “Todo paciente é avaliado de forma individualizada pela equipe multiprofissional com objetivo de oferecer o melhor tratamento para as necessidades específicas de cada indivíduo”, conclui Dra. Renata Vargens.

Deixe seu comentário