Centro Histórico-Cultural Santa Casa de Porto Alegre promove nova exposição

Detalhe da obra s/ título, da série ÁREA CINZA, grafite, lápis de cor, canetas sobre papel

O Centro Histórico-Cultural Santa Casa de Porto Alegre (RS) promove, entre 27 de abril e 22 de maio, a exposição “Área Cinza”, do artista Ricardo Fonseca. Em mostra inédita, o artista apresenta a fusão de seus procedimentos cotidianos como ilustrador e designer, caracterizando a série através da ausência de cor e linguagens figurativas e abstratas.

A expressão área cinza (ou zona cinzenta), geralmente se refere à um espaço ou contexto de incertezas e nebulosidade quanto aos seus reais significados. Por isso, nesta obra, ele criou um processo construtivo híbrido, resultando em formas amálgamas em preto, branco e tons de cinza.

O projeto foi contemplado no Edital de Ocupação dos espaços do Centro Histórico-Cultural Santa Casa em 2018. A entrada é franca.

Horário de funcionamento: Terças a sábados, das 9h às 18h. Domingos e feriados, das 14h às 18h.

Artista

Ricardo Fonseca nasceu em 1978 na cidade de Porto Alegre e formou-se em Arquitetura (PUCRS) em 2003 e em Artes Visuais (UFRGS) em 2013. A sua produção artística se desenvolve principalmente no campo do desenho, articulando linguagens e processos criativos relacionados ao pensamento gráfico. Como quadrinista já participou de salões de desenho e publicações independentes. É sócio fundador da Canhotorium Arte Aplicada, estúdio coletivo dedicado à criação artística para as áreas do design, ilustração e comunicação. Atuando como artista visual, já participou de diversas exposições coletivas e individuais, como a exposição Substâncias Emergentes (2014) na UFCSPA e a exposição Formas Aproximadas (2014), na Galeria Iberê Camargo da Usina do Gasômetro, sendo esta finalista do IX Prêmio Açorianos de Artes Plásticas na categoria Destaque em Desenho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.