Com brincadeiras e máscara personalizada, equipe da radioterapia recebe paciente infantil

988

Com apenas 6 anos, Lucas Gomes da Silva, cantou, brincou, ganhou adesivos de super-herói e uma máscara especial do Pantera Negra no seu primeiro dia de tratamento na Radioterapia do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV), em Jundiaí (SP). Diagnosticado com linfoma cervical, o paciente já passou pelas sessões de quimioterapia no Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc). No São Vicente o paciente fará 14 dias de tratamento.

“Percebi um inchaço no pescoço dele, então decidi levá-lo ao médico. Após a biópsia descobrimos que era o linfoma. No inicio foi um susto muito grande, nós custamos a aceitar porque achamos que nunca vai acontecer conosco. Mas depois vimos que não era tudo isso que imaginávamos, tivemos muito apoio de todos e hoje enfrentamos a situação como uma doença comum, que com medicação será curada”, conta a mãe do Lucas, Lerilanni Amparo Gomes.

A máscara foi confeccionada pela recepcionista do setor, Maria Isabel Cavalcante Oliveira, após uma mobilização da equipe. “É uma iniciativa que já fazemos há algum tempo para diminuir a má impressão da criança sobre o tratamento. O Lucas escolheu como personagem o Pantera Negra e logo comecei a personalizar o objeto. É um sentimento muito forte de gratidão e fiquei feliz em ver que ele gostou”, disse emocionada.

Brincalhão, Lucas compartilhou a vontade de ser youtuber e não tirou a máscara do rosto, além de enganar a equipe dizendo que não gostou da decoração. “Calma, é brincadeira. Eu gostei muito e vou usar por mais 13 vezes”.

Deixe seu comentário