Com impressora 3D, UniNorte produz máscaras oito vezes mais baratas

60

Por meio da tecnologia de impressão 3D, a UniNorte – Centro Universitário do Norte está produzindo máscaras de proteção face shield de baixo custo. Os equipamentos serão doados para profissionais em unidades de saúde de Manaus para auxiliar na proteção contra o coronavírus.

Os itens são produzidos nos laboratórios da UniNorte por alunos dos cursos de Engenharia, sob a supervisão de professores. De acordo com um dos supervisores do projeto, Emiliano Correa, o objetivo é produzir 1.200 máscaras protetoras até o fim do mês.

“Estamos produzindo um material seguro, de qualidade, que vai ajudar na proteção dos profissionais de saúde”, afirma. O professor destaca ainda que, com o uso da impressora 3D, o custo de produção do material fica bem menor. No mercado, o face shield chega a custar R﹩24,60; na UniNorte, cada máscara sai a R﹩3.

“Conseguimos confeccionar a máscara rapidamente. A haste que vai dar o suporte leva apenas 30 minutos para sair da impressora. Se fosse em uma indústria, o processo seria mais longo e oneroso. A impressora 3D consegue ganhar tempo para nós nesse quesito”, explica o docente.

Ao todo, 20 alunos dos cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica estão envolvidos na confecção das máscaras. Além de fazer parte de um projeto de responsabilidade social, os estudantes têm a oportunidade de trabalhar em primeira mão com a tecnologia de impressão 3D, uma tendência em vários segmentos.

“Os alunos aprendem a usar essa tecnologia e se inserem na tendência ‘maker’ de desenvolvimento de produtos a baixo custo e de forma acessível”, acrescenta Emiliano.

Ação

Segundo a reitora da UniNorte, Nilzete Santiago, as máscaras serão distribuídas para unidades hospitalares indicadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que ainda não têm o equipamento de proteção. “Com a retomada gradual da rotina, o fluxo de pessoas indo ao médico vai aumentar, por isso, é importante reforçar a proteção individual. A doação das máscaras é uma forma de a UniNorte contribuir com o sistema de saúde, protegendo os profissionais que nele atuam”, afirmou a docente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

2 × três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.