Combate à desinformação, aprendizados, retomada e sequelas: impacto da pandemia no Brasil

Avaliar como comunicamos e fomos ou não capazes de combater a desinformação, refletir sobre os aprendizados que tivemos na pandemia, elencar os principais achados científicos, identificar qual é a nossa responsabilidade social e como podemos nos organizar para a melhor retomada dos serviços de saúde de tal forma que amenizemos as sequelas pós-Covid. Esse é o propósito da Jornada Científica HubCovid, evento gratuito e on-line que acontecerá entre os dias 30 de novembro e 3 de dezembro. As inscrições estão abertas e a programação completa está disponível em www.even3.com.br/jornadahubcovid.

Organizadora do evento, o HubCovid é uma plataforma, criada no início da pandemia, com o papel de fazer frente às fake news por meio de conteúdo qualificado, com embasamento científico. Nascido por iniciativa do Instituto de Pesquisa e Apoio ao Desenvolvimento Social (IPADS), o HubCovid é composto por infectologistas, epidemiologistas, sanitaristas, dentre outros profissionais da saúde, que se uniram para integrar ações de formação, gestão e comunicação com foco na vigilância em saúde e nas equipes de atenção primária, em sintonia com outras estratégias do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS). A plataforma tem apoio da Fundação Johnson & Johnson.

Com três painéis e uma mesa redonda, a Jornada Científica HuBCovid receberá importantes nomes da ciência, medicina, divulgação e jornalismo científico. Os participantes são Carlo Pereira (Pacto Global da ONU), Fernando Mussa Abujamra Aith (Centro de Pesquisa em Direito Sanitário da USP), Gonzalo Vecina Neto (FSP/USP), Jairo Bisol (MPDFT), Marco Aurélio Palazzi Sáfadi (FCM da Santa Casa de São Paulo), Natália Martins Flores (Agência Bori e InfoVacina), Paulo Saldiva (FMUSP), Thiago Lavras Trapé (IPADS) e Mauro Guimarães Junqueira (CONASEMS). Tendo como anfitriões os médicos infectologistas e curadores técnicos do HubCovid, André Giglio Bueno e André Ribas Freitas.

De acordo com a psicóloga e diretora-executiva do HubCovid, Camila Benvenuto, a Jornada Científica terá um olhar retrospectivo sobre o enfretamento da pandemia ao mesmo tempo que buscará caminhos para amenizar as sequelas da pandemia, em especial oferecer um assertivo acompanhamento da síndrome pós-Covid, essencial para reabilitação e melhora da qualidade de vida dos sobreviventes da Covid-19. “Queremos seguir contribuindo com apoio técnico aos gestores e profissionais da linha de frente no combate à Covid-19 nos 5570 municípios brasileiros”, destaca Camila Benvenuto.

Comunicação em Saúde contra a desinformação

A Jornada Científica HubCovid começa na terça-feira (30), às 14h, com cerimônia de abertura trazendo representantes do Conasems, Johnson & Johnson e IPADS, pilares na organização e apoio à plataforma HubCovid. Na sequência, das 15h às 16h30, ocorre a Mesa Redonda ‘O papel da Comunicação em Saúde no combate à desinformação durante a pandemia’. A atividade reunirá Thiago Lavras Trapé, pós-doutor em Planejamento e Gestão em Saúde pelo DSC/FCM/Unicamp, docente na área de Sistemas de Saúde, Pesquisa e Inovação da Faculdade São Leopoldo Mandic e coordenador de projetos de impacto social pelo Instituto de Pesquisa e Apoio ao Desenvolvimento Social (IPADS); Fernando Mussa Abujamra Aith, professor titular do Departamento de Política, Gestão e Saúde da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, diretor geral do Centro de Pesquisa em Direito Sanitário da Universidade de São Paulo, professor visitante da Université Paris Descartes – Paris 5 e livre-docente em Teoria Geral do Estado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FADUSP) e Natália Martins Flores, pesquisadora de divulgação científica e jornalista de ciência, gerente de conteúdo da Agência Bori, coordenadora da rede InfoVacina, programa de mentoria jornalística sobre vacinas para jornalistas de todo o país e doutora em Comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O que aprendemos e descobrimos na pandemia

Na quarta-feira (1), das 14h às 16h30, será a vez do painel ‘Aprendizados da pandemia: os principais achados científicos’. Participam o médico sanitarista Gonzalo Vecina Neto, professor da Faculdade de Saúde Pública da USP, ex-presidente da Anvisa, ex-secretário municipal de saúde de São Paulo e ex-CEO do Hospital Sírio Libanês; o médico Marco Aurélio Palazzi Sáfadi, diretor do Departamento de Pediatria e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria e presidente do Departamento de Imunizações da Sociedade de Pediatria de São Paulo e o médico infectologista André Giglio Bueno, professor da Disciplina de Infectologia da Faculdade de Medicina da PUC-Campinas, titular da Infectologia do Hospital da PUC-Campinas, coordenador da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar da Santa Casa de Vinhedo e curador do HubCovid.

Responsabilidade social e Pandemia (experiências)

A programação prossegue na quinta-feira (2), com ‘Responsabilidade social e pandemia’, painel das 14h às 16h30 que contará com o promotor de justiça Jairo Bisol, do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), membro-auxiliar do Conselho Nacional do Ministério Público, com atuação na Comissão da Saúde CES/CNMP e doutor em Direito pela UFPE e Carlo Pereira, membro do Conselho Global das Redes Locais no Pacto Global da ONU, mestre em Ciência pela USP e MBA pela Universidade de Lüneburg, na Alemanha.

Retomada e sequelas pós-Covid

O último dia de Jornada Científica – sexta-feira (3), das 14h às 16h – será de palestras do médico patologista Paulo Saldiva, um expoente em Fisiopatologia Pulmonar, Doenças Respiratórias e Saúde Ambiental, diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP entre 2016 a 2020, membro titular da Academia Nacional de Medicina, da Academia Brasileira de Ciências e do Comitê de Qualidade do Ar da Organização da Saúde (OMS), Secretário Executivo do CONASEMS, Mauro Guimarães Junqueira, foi Secretário Municipal de Saúde de Carmo de Minas em Minas Gerais, Presidente do CONASEMS – Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, Membro do Conselho Superior da Fiocruz – Fundação Oswaldo Cruz, Membro do Conselho Consultivo da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Diretor Geral do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Circuito das Águas. Atuou como Secretário Municipal de Saúde dos Municípios de Lambari e São Lourenço em Minas Gerais, Membro Conselho Administração da Hemobrás – Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia, Diretor Financeiro do CONASEMS – Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde e Presidente do COSEMS – Conselho de Secretarias Municipais de Saúde e Presidente do Fundo Municipal de Saúde São Lourenço e o médico epidemiologista André Ribas Freitas, doutor em Epidemiologia pela Faculdade de Medicina da UNICAMP, professor de Epidemiologia e Bioestatística na Faculdade de Medicina São Leopoldo Mandic de Campinas e curador científico do HubCovid.

Canal do Conasems no Youtube: www.youtube.com/user/canalCONASEMS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.