Confira as principais dicas para fazer um bom atendimento online

81

Em decorrências da pandemia gerada pelo Covid-19, muitas clínicas e profissionais tiveram que suspender o atendimento presencial, e mesmo com a retomada gradual que vem acontecendo, ainda hoje muitos pacientes estão preferindo manter o distanciamento social.

Em virtude desse fato, muitos profissionais estão receosos sobre os possíveis impactos sobre a saúde dos pacientes. “Muitas doenças que poderiam ser detectadas em estágio precoce, irão ser diagnosticadas de forma tardia, e o tratamento passará a ser mais complexo e possíveis sequelas poderão ocorrer”, comenta o cirurgião bucomaxilofacial Fábio Ricardo Loureiro Sato.

Para tentar evitar essas situações, muitos profissionais passaram a realizar o teleatendimento, oferecendo orientações e consultas de maneira online. Como é algo recente, muitas dúvidas ainda surgem nessa modalidade de atendimento.

Para ajudar nessa nova realidade, o Dr. Fábio Sato passa algumas dicas para ajudar nas consultas online:

  • Pré-Consulta

Solicitar que a secretária entre em contato previamente com o paciente, informando a plataforma que será utilizada, bem como fazer o teste antes da conexão com a internet, para garantir que a rede não irá trazer problemas durante o atendimento.

Também deverá ser aplicada de forma prévia um Termo de Consentimento informando as limitações em relação a esse tipo de consulta, tais como a possibilidade da necessidade de realização de um procedimento de forma presencial para um correto diagnóstico e tratamento.

  • Na Consulta

Inicialmente se apresentar ao paciente e informar que a consulta será gravada e todas as informações serão mantidas em sigilo. Fazer uma análise detalhada e certificar que o paciente está entendendo suas perguntas. Na dúvida, não hesite em solicitar exames complementares e agendar uma consulta presencial. Anote todas as informações no prontuário do paciente assim como acontece nas consultas tradicionais.

  • Pós-Consulta

Pedir que a secretária entre em contato com o paciente para verificar se ficou alguma dúvida, orientar sobre a necessidade de realizar exames complementares e avaliações de retorno, bem como solicitar uma avaliação em relação ao atendimento do profissional.

Os teleatendimentos são uma opção que já estava sendo empregada em algumas especialidades, principalmente para emissão de laudos radiológicas e opiniões especializadas em alguns tratamentos como oncologia, mas com a pandemia ocorreu um grande aumento da sua utilização e que deve permanecer como uma opção aos atendimentos tradicionais presenciais, principalmente para população com dificuldade de acesso devido à distância ou mobilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

catorze + 15 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.