Cuidar dos Cuidadores leva alimentos orgânicos e funcionais aos Intensivistas de hospitais

118
Brownie de banana

Lançado durante o Congresso Online de Nutrição Funcional que começou ontem e encerra neste sábado (16), Cuidar dos Cuidadores é uma iniciativa humanitária desenvolvida por diversas instituições como o Instituto Kayrós e VP – Centro de Nutrição Funcional , que leva nutrição com ingredientes orgânicos e funcionais e dos biomas brasileiros cheios de vibrações positivas aos cuidadores de Covid-19 dos hospitais e vitalidade positiva aos intensivistas de Covid-19 dos hospitais

Cuidar dos Cuidadores reúne membros da sociedade civil como médicos, nutricionistas, terapeutas, chefs, cozinheiros, agricultores, feirantes, empresários e militantes do campo da segurança alimentar e nutricional, para um propósito comum: cuidar dos profissionais da saúde intensivistas que estão na linha de frente do Covid-19 dentro dos hospitais.

Cientes de que uma boa imunidade decorre de um alimento  bom para o corpo físico, mental, emocional, e espiritual o projeto pretende contribuir para evitar que o vírus se desenvolva no organismo humano, e por isso o projeto pretende atuar em 3 frentes:

1 – Doação de lanches para hospitais, inicialmente a instituição beneficiada será o Hospital das Clínicas de São Paulo e outros;

2 – Sugestões para alimentação hospitalar;

3 – Músicas, meditações e apoio psicológico.

Para Dra. Valéria Paschoal, diretora da VP – Centro de Nutrição Funcional, “a ideia é oferecer pelo menos uma vez por semana aos profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e todos os intensivistas que estão na linha de frente do Covid-19 e que precisam melhorar a imunidade. A primeira entrega de lanches foi feita em 14 de maio, no Hospital das Clínicas de São Paulo, lanche elaborado com ingredientes orgânicos, da biodiversidade brasileira e com PANC – Plantas Alimentícias não Convencionais, alimentos cheios de fitoquímicos do grupo dos fenólicos que auxiliam demais na imunidade, calculados com valores nutricionais adequados, e com resíduos mais alcalinizantes, porque a alcalinidade aumenta a imunocompetência. “Esperamos que a iniciativa seja ampliada para todo o Estado de São Paulo e para os Brasil”, diz Valéria.

Para Ana Flávia Badue, Especialista em Saúde Pública, Coordenadora do Instituto Kayrós, “o Cuidar dos Cuidadores do setor hospitalar busca mostrar o quanto interdependente são as nossas 4 dimensões física, mental, emocional e espiritual e as quanto interdependentes somos todos nós seres humanos e também com o planeta. Cuidar muito amor e gratidão é o chamado e o grande remédio que poderá salvar as vidas de quem dá a vida por todos nós.”

PRAL (Potencial de Carga Ácida Renal) das receitas dos lanches oferecidos pelo projeto piloto do Cuidar dos Cuidadores aos colaboradores do Hospital das Clínicas em São Paulo 

Segundo a VP – Centro de Nutrição Funcional, o poder acidificante dos alimentos pode ser estimado a partir de algumas fórmulas matemáticas. A mais utilizada é a fórmula do PRAL (Potencial de Carga Ácida Renal) que estima o potencial de liberação de precursores de ácidos e bases na corrente sanguínea a partir do conteúdo de proteína, fósforo, magnésio, cálcio e potássio dos alimentos. Quanto mais positivo o valor de PRAL, mais acidificante é o alimento; do contrário, quanto mais negativo o valor de PRAL, maior é o seu potencial alcalinizante. Na literatura, é possível encontrar diversos estudos mostrando associações entre o consumo de uma alimentação acidificante (PRAL positivo) com o risco de diversas doenças crônicas, como hipertensão, diabetes mellitus tipo 2, esteatose hepática não alcoólica e osteoporose. Ainda, em idosos, o consumo de uma alimentação acidificante relaciona-se com menores índices de massa magra. (*)

Cálculo feito pela VP – Centro de Nutrição Funcional do PRAL das três receitas dos lanches com ingredientes orgânicos e funcionais do Projeto piloto no Hospital das Clínicas de São Paulo

  • Muffin/Bolo salgado integral PRAL: -1,93
  • Muffin sem glúten/Bolo salgado sem glúten PRAL: -1,0
  • Brownie de banana PRAL: -24,38

Mais informações sobre o tema podem ser obtidas no link abaixo:

PRAL: youtu.be/YxCsJkedQ4s Fenólicos: youtu.be/mFNyBoFTSx

(*) Referência: Carnauba, R.A.; Baptistella, A.B.; Paschoal, V.; Hubscher, G.H. Dietinduced low-grade metabolic acidosis and clinical outcomes: A review. Nutrients; 9(6): 538, 2017

Terapias alternativas: acompanhe nos links abaixo as músicas especiais e as referências em espiritualidade que estão disponíveis aos cuidadores e todos os interessados

www.cuidardoscuidadores.org.br/#sugestoes-4

www.cuidardoscuidadores.org.br/#suge_musica-2

www.cuidardoscuidadores.org.br/#suge_musica-1

Meditações sugeridas aos cuidadores

www.cuidardoscuidadores.org.br/#musica_sug-1

www.cuidardoscuidadores.org.br/#musica_sug-2

www.cuidardoscuidadores.org.br/#musica_sug-3

www.cuidardoscuidadores.org.br/#musica_sug-4

www.cuidardoscuidadores.org.br/#mucica_sug-5

Como participar do Cuidar dos cuidadores e multiplicar a ação para todo Brasil

As pessoas interessadas em fazer doações em dinheiro podem fazê-la através de depósito bancário ou com o Paypal, o que ajudará a manter uma equipe dedicada à aquisição, produção e logística dos alimentos, bem como remunerar agricultores e complementar as receitas com alimentos que não forem doados.

Banco do Brasil

Agência: 1552-0
Conta corrente: 23462-1
CNPJ: 07.037.770/0001-58

Doação em alimentos poderá ser feita, desde que os cozinheiros e voluntários do projeto possam garantir seu aproveitamento integral, a logística e que a qualidade seja de preferência, orgânica ou agroecológica.

Para doar alimentos entre em contato cuidarcuidadores@gmail.com

O município e/ou estado que deseja reproduzir esta experiência, entre em contato por meio do link: www.vponline.com.br/site/conheca-nos/consultoria-cientifica/

Informações: www.cuidardoscuidadores.org.br

Deixe seu comentário