Curso de Fonoaudiologia promove ação de orientação no Dia Nacional de Atenção à Disfagia

O curso de Fonoaudiologia da Univali – Universidade do Vale do Itajaí (SC) promove no próximo domingo (20) uma ação de orientação em alusão ao Dia Nacional de Atenção à Disfagia. Uma série de vídeos com alunos de Fonoaudiologia será divulgada nas redes sociais do curso para chamar a atenção sobre as implicações do distúrbio e as formas de tratamento.

A disfagia é a dificuldade para engolir alimentos, líquidos ou saliva em qualquer etapa do trajeto da boca ao estômago. Pode acontecer em todas as faixas etárias, mas atinge principalmente pessoas acima dos 50 anos.

O Ambulatório de Disfagia do curso de Fonoaudiologia da Univali realiza, em média, 80 atendimentos por mês para pacientes encaminhados via Sistema Único de Saúde (SUS). O serviço é oferecido desde 2011 por meio de uma contratualização entre a Universidade e a Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí.

Os atendimentos são realizados por uma fonoaudióloga especialista em disfagia, que faz o desmame de sondas, a habilitação e a reabilitação da alimentação via oral ou alternativa. O objetivo é melhorar a qualidade de vida dos pacientes tanto na ingestão de alimentos como em questões de comunicação e interação.

A disfagia é causada, na maioria das vezes, por consequência de problemas como acidente vascular cerebral, traumas cranianos, câncer de cabeça e pescoço, entre outros.

“O diagnóstico precoce é fundamental para evitar complicações mais graves da disfagia. A entrada do alimento ou saliva no sistema respiratório pode causar tosse, sufocamento, asfixia, pneumonias, desnutrição, desidratação e até levar à morte. Ao suspeitar da alteração deve-se procurar, imediatamente, um profissional habilitado para fazer o diagnóstico, orientar e reabilitar o paciente”, explica a professora do curso de Fonoaudiologia, Andrielle de Bitencourt Pacheco Rubim.

O Dia de Atenção à Disfagia foi instituído em 20 de março de 2010 em razão da publicação da Resolução CFFa nº383, que dispõe sobre as atribuições e competências relativas à especialidade em disfagia pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia.

Informações: com a professora Andrielle de Bitencourt Pacheco Rubim ou com a fonoaudióloga Bruna de Maria – (47) 3341-7629

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.