Einstein e City of Hope firmam acordo pelo avanço no tratamento do câncer na AL

O Hospital Israelita Albert Einstein conta agora com a consultoria do City of Hope, um dos principais centros independentes do mundo para o estudo e tratamento do câncer. O acordo de três anos contemplará treinamentos para profissionais do hospital paulista e intercâmbio de informações para o desenvolvimento de pesquisas e terapias na área oncológica.

Por meio de um conselho multidisciplinar virtual, os profissionais do Einstein compartilharão casos reais com foco em diagnósticos moleculares, imunoterapia e inovações no atendimento ao câncer. O City of Hope, por sua vez, promoverá webinars educacionais e especialização em tópicos como testes genéticos, enfermagem e terapias de apoio.

Para Harlan Levine, presidente de estratégia e empreendimentos comerciais da organização sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, o trabalho conjunto com o Einstein, que é atualmente um dos principais centros oncológicos da América Latina, é um passo importante para o combate ao câncer na região.

“O Hospital Israelita Albert Einstein tem uma equipe médica excepcional”, afirma Levine. “Nós, do City of Hope, ofereceremos nossa melhor experiência como um centro de câncer abrangente para residentes e equipe clínica. Esperamos colaborar com nossos colegas latino-americanos para melhorar os resultados do tratamento do câncer não apenas em São Paulo, mas também em todo o Brasil e na América Latina.”

O presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, Sidney Klajner, também comemora o acordo: “Vamos incorporar a abordagem multidisciplinar da City of Hope à medicina de precisão oncológica para lidar com o câncer no Brasil. Junto com a City of Hope, esperamos colaborar em diagnósticos moleculares e avanços inovadores em cuidados para o benefício de pacientes na América Latina e além.”

Einstein oferece Power Banks gratuitos para carregar baterias dos celulares do público

A Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein acaba de instalar 13 máquinas que permitem o compartilhamento de baterias portáteis (Powers Banks) nas unidades Morumbi (5), Alphaville (2), Jardins (2), Perdizes (2), Chácara Klabin(1), Ibirapuera (1). A iniciativa, realizada em parceria com a startup Hyupp, tem como objetivo garantir, de forma gratuita, que os médicos e suas equipes, assim como pacientes, visitantes e todos os colaboradores da instituição, possam se comunicar livremente e trocar notícias, principalmente durante o enfrentamento à pandemia.

“Tudo é feito remotamente e o celular é a ferramenta mais usada para qualquer tipo de comunicação. Os power banks são uma solução ideal para que os usuários possam manter seus aparelhos com baterias carregadas. A parceria com a Hyupp nos permite oferecer esta conveniência de forma gratuita aos usuários das nossas instalações”, afirma Junia Gontijo, diretora de Patrimônio, Engenharia e Infraestrutura do Einstein.

O CEO e sócio fundador da Hyupp, Ahmed Kadura, por sua vez ressalta a necessidade e a importância de manter o carregamento dos celulares em dia para todos que convivem no ambiente hospitalar. Segundo ele, o risco de ficar sem bateria no smartphone até para chamar o aplicativo de transporte, por exemplo, é mais uma situação de estresse que pode ser evitada.

“No atual cenário hospitalar, em que é impossível deixar o aparelho plugado na energia, longe do proprietário, esperamos amenizar as preocupações desses heróis que têm salvado tantas vidas”, diz Kadura. “Nesta hora tão difícil para o Brasil, em que vivemos o pior momento da pandemia, é dever de todos contribuir”, completa.

O carregador portátil já possui os cabos de conexão com aparelhos iOs e Android integrados. “Basta pegar um dos Powers Banks, conectar ao aparelho e se locomover para onde desejar e precisar. Depois que o smartphone estiver carregado, é necessário apenas procurar no aplicativo onde fica o ponto de entrega mais vantajoso, de acordo com a rotina de cada usuário, e se dirigir até ele para encerrar a transação”, explica Kadura.

A Hyupp já conta com 112 estações de recargas espalhadas em estabelecimentos comerciais na capital paulista, e a expectativa é chegar a 400 até julho e 800 em setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.