Enfermagem não está habilitada para realizar exames de ultrassonografia, diz nota de repúdio do CBR

61

O Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), entidade nacional que representa oficialmente a Especialidade da Radiologia no Brasil, emite nota de repúdio contra a decisão do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), que autoriza a realização de exames de ultrassonografia e emissão de laudos por profissionais de enfermagem.

Segundo o presidente do CBR, Dr. Alair Sarmet Santos, a realização de exames de ultrassonografia, bem como a emissão de laudos são atos médicos, cujo resultados nortearão o diagnóstico e tratamento dos pacientes.

“A formação de um profissional para realizar ultrassonografia é demorada, envolvendo conhecimentos que vão muito além de se aprender apenas a técnica de como realizar um exame. Sem desmerecer a categoria, que é imprescindível em outras frentes, a enfermagem não é habilitada para exercer essa função. Exames de ultrassonografia realizados por profissionais com preparo deficitário podem induzir a falha diagnóstica ou diagnóstico incorreto. Essa normativa do COFEN pode colocar em risco a segurança das pessoas que buscam pela investigação diagnóstica para prosseguir seus tratamentos’, enfatiza o presidente.