Estoque do Banco de Leite Humano do Hospital Universitário de Jundiaí é de 100%

36
Nutricionista e coordenadora do BLH, Marcela Bionti

Neste ano, a Semana Mundial de Aleitamento Materno, sob o lema Apoie o Aleitamento Materno por um Planeta Saudável, se concentrará no impacto da alimentação infantil no meio ambiente / mudança climática e no imperativo de proteger, promover e apoiar o aleitamento materno para a saúde do planeta e de seu povo.

O tema está alinhado com a área temática 3 da SMAM-ODS 2030, o qual alinha as campanhas em torno dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, e que destaca os vínculos entre a amamentação e o meio ambiente / mudança climática.

No Hospital Universitário de Jundiaí (SP) a data será lembrada de maneira diferente neste ano devido a pandemia. O Banco de Leite Humano (BLH), a partir de 3 de agosto, vai lançar um vídeo por dia sobre a SMAM, trazendo explicações de como amamentar com Covid, doar leite, funcionamento do BLH, entre outros assuntos.

Mesmo com o Covid-19 o Banco de Leite vem passando por uma fase muito boa. Como as mães estão em casa em isolamento, as doações aumentaram. Hoje são 85 doadoras que geram 99 litros por mês. “Este ano está sendo atípico. Todos os bancos se prepararam para uma queda drástica na doação. No início houve essa queda em nossa instituição, mas logo depois as coisas mudaram. Isso repercutiu ao nosso favor e houve o aumento das doações”, explica a nutricionista e coordenadora do BLH, Marcela Bionti.

As doadoras recebem todos os acessórios básicos para uma ordenha sem contaminação. “É oferecido máscara, gorro, frascos esterilizados e todas as orientações de higiene, e tudo isso interfere na qualidade do nosso leite”, esclarece a coordenadora.

Toda mulher que está amamentando e tem leite em excesso é uma possível doadora. Para doar, basta ser saudável e não estar fazendo uso de nenhum medicamento que interfira na qualidade do leite materno. A equipe do Banco de Leite retira o leite na casa da doadora, desde que resida em Jundiaí, Itupeva, Cabreúva, Itatiba, Louveira, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista.

As interessadas podem entrar em contato com o Banco de Leite, a equipe fará uma breve entrevista e, estando apta para ser doadora, as profissionais vão até a residência e ensinam como fazer a ordenha e armazenamento. O telefone do Banco de Leite é 0800-178155.

O Hospital Universitário possui em sua estrutura uma sala de ordenha, espaço este destinado para que as mães que voltam de suas licenças possam retirar o leite materno durante a jornada de trabalho, a fim de oferecê-lo à criança em outro momento ou até mesmo para doação ao Banco de Leite Humano.

Para comemorar a Semana Mundial de Aleitamento Materno, o HU está montando uma amostra das colaboradoras amamentando e suas vivências com o ato. A amostra ficará exposta até dia 7 de agosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

9 + oito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.