Evento de aquecimento da Hospitalar vai, em abril, discutir temas mais urgentes da saúde

O evento de saúde mais importante da América Latina, a Hospitalar, promove de segunda a quinta-feira, 4 a 7 de abril, uma série de encontros digitais que vão servir de aquecimento para a edição presencial da feira. Ao todo, mais de 25 especialistas do Brasil e do Exterior vão debater temas relevantes e atuais do setor. Cada dia será dedicado a uma comunidade: Tecnologia da Informação (TI), Serviços de Saúde, Desospitalização e Engenharia Clínica. Totalmente online, o evento poderá ser assistido pela Hospitalar Hub de forma gratuita mediante cadastro. A programação ocorre entre 17h e 20h.

O Aquecimento da Hospitalar nasceu do sucesso da realização de duas edições da Digital Journey by Hospitalar, realizadas em 2021 com a participação de 277 palestrantes. Cerca de 14 mil pessoas acessaram a plataforma para assistir a 56 horas de conteúdo. “O Aquecimento foi desenhado para ser um fórum privilegiado que vai abordar novos desafios, trazer insights e soluções, adiantando assim discussões do nosso encontro presencial”, Eduardo Barros, diretor do portfólio de saúde da Informa Markets.

Sob o tema “Back to the Basics: Recuperando o fundamental e assimilando a inovação”, a Hospitalar 2022 ocorrerá entre 17 e 20 de maio, das 11h às 20h, no São Paulo Expo, no km 1,5 da rodovia dos imigrantes, na Vila Água Funda, São Paulo, Capital. O credenciamento antecipado é gratuito e já pode ser realizado: www.hospitalar.com/pt/quero-visitar.html.

Comunidades e desafios

O Aquecimento da Hospitalar começa na segunda-feira (4) com uma programação voltada para Tecnologia da Informação (TI), que tem como tema “Open Health & RNDS: desfragmentando e remodelando o Cuidado Primário”. O diretor do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), Merched Chehed, abrirá o evento com a palestra “Open Health & RNDS: o que vem pela frente no SUS”. Em seguida, o diretor da Platformable, professor Mark Boyd, falará sobre “Measuring Value in the Open Health Ecosystem: The Model”. A partir das 18h50, Guilherme Hummel (EMI Head Mentor e Consultor da Hospitalar) irá moderar o debate “Open Health & RNDS: impacto na Saúde Suplementar”, com a participação de Jacson Barros (Strategic Business Development Manager na Amazon Web Service, a AWS), Claudio Maia (especialista do Open Everything da Awxay) e Luis Gustavo Kiatake (residente SBIS).

A terça-feira (5) será dedicada ao Congresso Internacional de Serviços em Saúde (CISS), cuja  palestra de abertura será realizada pela médica Karen Luxford, CEO do Australian Council on Healthcare Standards. Às 18h15, Carsten Engel, CEO da International Society for Quality in Health Care (ISQua), abordará “A ISQUA, o Mundo e os Sistemas de Saúde no pós-pandemia”. A programação será encerrada com o debate “Os Sistemas Nacionais de Saúde a partir de 2022, a inovação e os caminhos a seguir”, que terá mediação do médico Fábio Gastal (presidente da Organização Nacional de Acreditação, a ONA) e contará com Taissa Sotto Mayor (COO da Quality Global Alliance), Victor Grabois (presidente da Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente, a SOBRASP) e Renato Couto (presidente do Grupo IAG Saúde).

Na quarta-feira, dia 6, destaca-se o painel  moderado pela médica Linamara Battistlella, professora titular de Fisiatria da Universidade de São Paulo (USP) mediará o debate “Universo da dor: novas tecnologias para o diagnóstico e tratamento”, que contará com os médicos Andrea D. Furlan (fisiatra e cientista sênior da Toronto Rehab, da University Health Network, do Canadá) e Roberto del Valhe Abi Rached (fisiatra da CIPS – Certified Interventional Pain Sonologist).

O Aquecimento terminará na quinta-feira (7) com um dia dedicado à Engenharia Clínica. Após a abertura de Ricardo Maranhão (Abeclin), Douglas Cury, diretor técnico da Grau Engenhariadiscorrerá sobre “Infraestrutura Hospitalar – Elétrica”. A seguir, Alexandre Ferreli (Abeclin) e Leandro Amatti (Grupo Maxxima) abordarão o tema “Qualidade de Energia em Hospitais. A partir das 19h10, Ricardo Maranhão fará a moderação do debate “O Papel da Engenharia Clínica na Infraestrutura Hospitalar”, que terá a presença de George Hebert (Quantum), Marcos Kahn (KB Engenharia), Douglas Cury (Grau Engenharia) e Sérgio Castellari (CSE Soluções Elétricas).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.