Evento online aborda tratamento do carcinoma de células renais

Um tipo de tumor considerado pouco comum, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de rim atinge cerca de 150 mil pessoas no mundo, a grande maioria idosos. Porém, sua incidência vem aumentando no Brasil e o último levantamento, de 2018, revela que foram 6 mil novos casos no país. A situação complexa e agressiva exige investimento em pesquisas e tratamentos de primeira linha.

O Centro de Pesquisa Clínica do Hospital Moinhos de Vento traz o assunto para o próximo evento científico online do ciclo de palestras “Avanços em Pesquisa Clínica em Oncologia”. Na terça-feira (15), especialistas irão discutir o tema “Carcinoma de células renais avançado: opções na primeira linha de tratamento”. Estarão em pauta no encontro os novos medicamentos, imunoterapia e terapias-alvo – tratamentos que têm como objetivo melhorar o prognóstico dos pacientes e possibilitar intervenções menos invasivas, com maiores taxas de cura e menores riscos de recidiva.

O palestrante convidado é o oncologista clínico Daniel da Motta Girardi, do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), médico do Hospital Sírio Libanês em Brasília e atualmente advanced clinical fellow em tumores geniturinários no Instituto Nacional do Câncer, em Bethesda (EUA). A moderação será do coordenador médico de pesquisa em oncologia do Hospital Moinhos de Vento, Pedro Isaacsson, e do chefe do Serviço de Oncologia da instituição, Sérgio Roithmann.

A palestra é destinada a médicos e outros profissionais da saúde. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site da instituição. O ciclo de palestras realiza, mensalmente, atividades educacionais em oncologia, com foco em atualizações científicas e educação continuada. O objetivo é promover o estímulo ao desenvolvimento e ampliação de conhecimento na área de pesquisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.