Evento virtual debate as tendências da saúde para 2022

A E-saúde Marketing, em parceria com a Doctoralia e Tuotempo, realiza o HEX – Health Experience Brasil 2021, evento 100% online, nos dias 4, 5 e 6 de outubro.

O evento é destinado a gestores que estão à frente de empreendimentos e organizações da saúde, em cargos de liderança e tomada de decisão, e buscam a melhoria contínua dos seus resultados. O objetivo é promover um espaço para refletir sobre as principais tendências para clínicas, laboratórios e hospitais em 2022.

“O mercado da saúde está mudando, muita coisa aconteceu no último ano e meio, e precisamos nos adaptar e compreender melhor o cenário atual e previsto”, destaca Bruna Baumgarten, CEO da E-saúde Markeitng.

O conteúdo do evento foi pensado para abordar, de forma objetiva, os 3 pilares dos negócios na área da saúde que ainda vão ressoar no ano que vem:

  • 2ª feira: Humanização e experiência do paciente
  • 3ª feira: Marketing digital na saúde
  • 4ª feira: Inovação e tecnologia em Saúde

Entre os palestrantes, estão os CEOs e fundadores da E-saúde Marketing e Doctoralia, além de integrantes do Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital Sírio-Libanês. Veja a lista dos participantes e a programação completa.

As vagas são limitadas e as inscrições estão abertas no site do evento. Todo o valor o arrecadado será destinado a entidades filantrópicas. Os participantes terão acesso a um canal exclusivo do Telegram que servirá à troca de experiências e informações relevantes para a área da saúde.

Tecnologia, marketing e inovação na área da saúde

A pandemia do Coronavírus mudou a realidade de todos os setores do mercado, especialmente a área da saúde. A tecnologia e a digitalização estão cada vez mais presentes na vida de gestores e profissionais da saúde. A Lei da Telemedicina, que autorizou a prática do atendimento médico à distância durante a crise sanitária, alterou a rotina de médicos e pacientes. Um complemento feito à lei em agosto de 2020 abriu caminho para a regulamentação da prática mesmo após o fim da pandemia.

Além disso, prontuários eletrônicos e sistemas de centralização de dados são cada vez mais comuns. A tecnologia permite um atendimento mais individualizado na medida em que facilita o acesso às informações do paciente. Mas essa ainda não é a realidade da maioria das instituições de saúde do país. O ‘Panorama das Clínicas e Hospitais de 2021‘, realizado pela Doctoralia, mostra que o gerenciamento das agendas é uma atividade realizada, na maioria dos casos (55%), pelas secretárias. Em 34% das clínicas e hospitais, esse trabalho é feito pelos próprios especialistas de saúde.

O marketing em saúde também é um pilar fundamental para entender as tendências da área para 2022. Ainda segundo a pesquisa do Doctoralia, 54% dos participantes do estudo afirmam aplicar estratégias básicas de marketing no dia a dia do negócio. Outros 26% investem mais ativamente e 14% das clínicas disseram que têm a intenção de incluir práticas de marketing no futuro.

A presença digital dos médicos é importante para seu próprio negócio, mas também é essencial para suprir uma necessidade de informações especializadas na internet. Cerca de 86% dos brasileiros consideram a internet uma das principais fontes de informação sobre saúde. O ‘Dr. Google’ é muito importante para ajudar as pessoas a identificarem sintomas ou entenderem qual médico procurar, por exemplo. Mas a internet também é o veículo ideal para transmissão de desinformação, como é o caso de dietas e curas milagrosas e tratamentos sem eficácia comprovada contra a Covid-19. Por isso, a presença de especialistas na rede se mostra fundamental.

Informações e inscrições: www.sympla.com.br/hex—health-experience-brasil-2021__1323445

As vagas são limitadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.