Fórum Nacional de Cuidado Paliativo traz paciente como protagonista

O 1º Fórum Nacional de Cuidados Paliativos para Pacientes acontece nos dias 8 e 9 de outubro, em formato on-line, com a proposta de ampliar o olhar das pessoas, sobretudo de profissionais da área da saúde, a respeito de proporcionar suporte e qualidade de vida nos cuidados a pacientes com doenças graves e incuráveis, a partir da abordagem multidisciplinar.

O evento, organizado pelas fundadoras da Casa do Cuidar, a médica referência em cuidados paliativos, Ana Claudia Quintana Arantes, a psicóloga Cris Prade e a coordenadora da Casa Paliativa, a jornalista e escritora Ana Michele Soares, tem como objetivo promover a reflexão de pacientes, familiares, cuidadores e a conscientização de profissionais da saúde sobre o tema.

Os painéis de debate são compostos por especialistas (médicos, psicólogos, assistente social, entre outros), porém, o protagonismo fica por conta dos integrantes da Casa Paliativa, pacientes com doenças graves, que compartilham suas experiências, expectativas, em torno da importância do cuidado paliativo, a partir das seguintes dimensões: física, emocional, espiritual, social e familiar.

A ideia é provocar a reflexão sobre como o cuidado paliativo pode modificar a realidade de pacientes, seus familiares e cuidadores para melhor, além de desmistificar conceitos equivocados e preconceituosos acerca do tratamento de doenças incuráveis e possíveis efeitos sobre o paciente, levando as pessoas a crerem que apenas o paciente terminal possa receber cuidados paliativos. “É um grande paradoxo pensar em toda a tecnologia que evolui para oferecer ao paciente mais tempo, e, ao mesmo tempo, não olhamos para o impacto do próprio tratamento no emocional, físico, social desse paciente. É preciso oferecer ao paciente muito mais do que novas drogas, mas qualidade de vida”, destaca Ana Michelle, que é paciente em tratamento contínuo de câncer de mama há 10 anos.

O cuidado paliativo precisa ser compreendido enquanto assistência prestada por uma equipe multidisciplinar, com profissionais de várias áreas, com formação em cuidados paliativos, com o propósito de tornar o paciente o protagonista de sua própria história, formando uma rede de proteção em relação ao sofrimento que determinada doença ou o adoecimento possam proporcionar.  “Entre o adoecer e o morrer há muito o que ser feito pelo bem de quem vive este processo tão delicado e sagrado em sua vida”, declara Ana Claudia Quintana Arantes.

Alguns nomes já confirmados:

  • Médica Ana Claudia Quintana Arantes – tema: dimensão física do cuidar, em “Manejo de Dor e Fadiga” e a dimensão emocional sobre a postura dos pacientes diante da dor da morte em “Desistindo de desistir”;
  • Médico Rodolfo Moraes – tema: o que é preciso saber sobre os cuidados paliativos
  • Psicóloga Cris Ferraz Prade – tema: dimensão familiar “Cuidando de quem cuida”;
  • Professor Gustavo Gitti – tema: a importância da autocompaixão durante os desafios da vida;
  • Capelão Roberto Miguel – tema: o “Sagrado de cada um”, no painel Dimensão Emocional.

Inscrições: forum.casadocuidar.org.br

Para participar do evento é necessário realizar inscrição, que é gratuita para pacientes, familiares, profissionais e cuidadores.

Profissionais da área da saúde podem obter certificado de participação (10 horas) mediante o pagamento de uma taxa de R$ 49,90.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.