GCA forma conselho de pacientes em busca de excelência no atendimento

Reunião virtual do Conselho Consultivo de Pacientes do GCA

Com o objetivo de humanizar e melhorar seu atendimento, o GCA (Grupo Care Anestesia) montou no início de 2022 seu Conselho Consultivo de Pacientes. A prática é comum e tem alto grau de maturidade em países como os Estados Unidos e já é adotada há alguns anos em centros hospitalares de referência do Brasil. O GCA, porém, é o primeiro time de anestesia da América Latina – acreditado pela Qmentum – a formar seu Conselho.

O Conselho Consultivo de Pacientes do GCA conta no momento com 15 integrantes, entre médicos, enfermeiros e os próprios pacientes, mas esse número pode aumentar. “Estamos abertos a acolher mais pacientes em nosso Conselho. Para fazer parte do grupo, é preciso gostar de gente e propor melhorias que possam impactar e melhorar a experiência do paciente na jornada anestésica-cirúrgica”, afirma o Dr. Gabriel Redondano, diretor-presidente do GCA.

A ideia surgiu no começo do ano, ao lado de uma série de sugestões propostas pela Certificação Internacional Planetree, representada no Brasil pelo Escritório de Excelência do Hospital Israelita Albert Einstein. O Conselho Consultivo do GCA é um fórum de debates de ideias que ouve o paciente e muitas vezes coloca suas sugestões em prática.

“O Conselho foi criado para, literalmente, damos voz a quem está do outro lado. Ninguém melhor do que quem passa por uma internação para sugerir e apontar onde devemos melhorar”, explica o Dr. Redondano. “Nosso objetivo é a melhoria contínua e temos que ouvir quem sente os problemas na pele. Isso se aplica em todas as áreas, não só na saúde”, completa.

Os encontros do Conselho Consultivo de Pacientes são quinzenais, presenciais ou remotos. Os integrantes sugerem novos planos de ação e fazem o acompanhamento das ideias já colocadas em prática. “Já ampliamos o horário de consultas, passamos a nos comunicar de forma mais efetiva com os familiares durante uma cirurgia, visitamos o paciente antes da alta hospitalar para detalhar o que foi feito e esclarecer dúvidas e fizemos um kit para as crianças que serão submetidas a cirurgia. E é só o começo”, detalha o Dr. Redondano. O kit infantil elaborado pelo GCA conta com um desenho no YouTube, giz de cera, livro para colorir e roupinhas temáticas, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.