Hospital aumenta índice de aleitamento materno com parto humanizado

393

Com o processo de implantação do parto humanizado, a Santa Casa de Mauá (SP) vem registrando aumento nos índices de aleitamento materno. De acordo com a médica neonatologista e pediatra Elimar Alves Socorro, foram medidas simples que trouxeram grandes benefícios tanto para as mães quanto para seus bebês.

Além do alojamento conjunto, a Santa Casa de Mauá entrega para todas as mães na sala de pré-parto um top que será utilizado pela gestante durante o procedimento, permitindo ao recém-nascido contato permanente com a mãe e maior segurança a ela na hora de amamentar.

“Quando o bebê é colocado junto à mãe, assim que nasce, a descida do leite é mais rápida e diminuímos drasticamente os riscos de hipoglicemia e hipotermia no recém-nascido.  Outro fator que observamos é que 90% desses bebês quando retornam para as primeiras consultas no ambulatório têm o leite materno como único alimento. Antes desse procedimento, tínhamos que fazer um trabalho mais incisivo com as mães”, explica a médica Elimar. Mensalmente, são realizados entre 50 e 60 partos na Santa Casa de Mauá.

A técnica em Enfermagem Kathleen Miguel teve bebê no último dia 21 de novembro e já saiu do centro cirúrgico amamentando sua filha Liz. “É um momento de grande afeto e uma experiência única ter esse contato tão forte com o bebê.  O top nos proporciona mais segurança e evita qualquer risco de acidente, como quedas”, relata Kathleen.

No final de junho, para marcar seus 53 anos de fundação, a Santa Casa de Mauá inaugurou o novo pronto-socorro e ala de internação com 15 leitos, elevando a capacidade de atendimentos. De acordo com o superintendente Harry Horst Walendy Filho, a grande novidade do pronto-socorro é a informatização dos serviços, que torna o atendimento muito ágil e humanizado, além de colaborar com o meio ambiente.

A fachada da Santa Casa de Mauá também passou por recente reestilização e, além do design moderno e contemporâneo, traz um grande benefício aos pacientes, já que possui janelas blindadas a fim de reduzir a entrada de ruídos externos, microrganismos e poluição para os ambientes de internação. A iluminação natural prevalece sobre o projeto arquitetônico.

O próximo passo da Santa Casa de Mauá será a construção de 20 novos leitos de UTI adulto, 10 para UTI pediátrica, outros 5 coronarianas, novo hospital de retaguarda com até 80 leitos e padronização de suas atuais instalações físicas.

Recentemente, a Santa Casa de Mauá implementou o serviço de Hemodinâmica, permitindo a realização de cirurgias cardíacas como colocação de marca-passo, revascularização, cateterismo, entre outras. Também conta com exames de tomografia, mamografia, ultrassonografia e o primeiro Centro Oncológico de Mauá.

Deixe seu comentário