Hospital Curaçao Medical Center implanta sistema de alerta para garantir qualidade de vacina

O hospital Curaçao Medical Center (CMC) atingiu um marco ao garantir o monitoramento em tempo real da temperatura de geladeiras médicas que armazenam medicamentos essenciais no sudoeste do Caribe com a tecnologia da Avaya, especialista global em soluções para melhorar e simplificar comunicações e colaboração.

“Atualmente temos 20 geladeiras médicas com as condições de temperatura que podem afetar os medicamentos vitais armazenados nessas unidades estando 100% monitoradas”, explica Charlton de Windt, engenheiro de controle da CMC.

A solução da Avaya usa sensores de geladeira para manter a temperatura e realizar um fluxo de trabalho de notificação, incluindo uma chamada telefônica imediata para as equipes se qualquer anormalidade for detectada.

A tecnologia permite, ainda, que o CMC cumpra sua promessa de fornecer atendimento de alta qualidade e novas substâncias, como vacinas de mRNA Covid-19, que requerem condições precisas de temperatura. A solução é como um agente humano ligando para uma linha direta de serviço para relatar um problema, com uma diferença importante: “Tínhamos um sistema de mensagens, antes, que não conseguia fazer uma ligação para alertar os técnicos após o horário comercial”, comenta Windt.

“As empresas procuram a Avaya para obter conhecimentos específicos na criação de melhores experiências, que não podem ser entregues com aplicações monolíticas e devem ser combináveis”, completa Jim Chirico, CEO da Avaya. Segundo ele, o Experience Builders, nova plataforma da empresa, alinha seus serviços, parceiros e desenvolvedores para criar soluções personalizadas.

Para criar a solução do CMC, a Avaya contou com a ajuda do Infotrans Group, que integrou a inteligência artificial e a tecnologia de comunicação aos componentes existentes da Internet das Coisas. “Ficamos satisfeitos com a intervenção da Infotrans e da Avaya, pois isso impacta o nível de confiança que temos em nossos processos e controles de qualidade”, diz Windt.

“Estamos trabalhando para dobrar o número de unidades frigoríficas para que todas sejam conectadas ao sistema de monitoramento. Também é vital ter o nível certo de manutenção de nosso edifício, mitigação de risco e tecnologia para que possamos implementar ações com antecedência e manter nossa organização funcionando com sucesso”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.