Hospital e Maternidade Christóvão da Gama inaugura serviço para tratamento de feridas e infecções

O Hospital e Maternidade Christóvão da Gama (HMCG), unidade do Grupo Leforte localizada em Santo André (SP), inaugura um novo Centro de Medicina Hiperbárica. Exclusivo na Região do ABC, o serviço utiliza tecnologia avançada para o tratamento de feridas e quadros infecciosos de difícil tratamento.

O Centro contará com câmaras hiperbáricas, equipamentos fechados capazes de administrar ao paciente doses elevadas de oxigênio 100% puro, com uma pressão até três vezes superior à da atmosfera ao nível do mar. Nessas condições, a oxigenoterapia hiperbárica, como é conhecida, proporciona uma série de benefícios no combate às infecções. Ao elevar a taxa de oxigênio no organismo, o procedimento potencializa a ação dos antibióticos e ativa células responsáveis por promover a cicatrização e combater a infecção.

O tratamento é indicado para feridas como aquelas causadas por radioterapia, diabetes, esmagamentos e amputações traumáticos. Também é utilizada para o tratamento de infecção crônica dos ossos, procedimentos de cirurgia plástica reparadora, embolia arterial, queimaduras, entre outros casos.

Com a inauguração da nova área dentro do HMCG, o Grupo Leforte leva para a região do ABC a experiência de 13 anos do serviço que já funciona na unidade Liberdade, em São Paulo, e onde são realizados mais de 900 procedimentos todos os meses. Aproximadamente 30% dos atendimentos realizados na instituição se referem a tratamentos de feridas provocadas por pé diabético. Mas também é frequente a aplicação da terapia em casos de infecções vasculares, pós-cirúrgicas e queimaduras.

“A experiência acumulada em mais de uma década mostra que a medicina hiperbárica é muito eficiente no tratamento de infecções de modo geral, inclusive para redução ou eliminação de casos ainda precoces. No entanto, o que verificamos é que a indicação para o tratamento hiperbárico, muitas vezes, ocorre de forma tardia”, afirma Ivan Marinho, infectologista do Grupo Leforte.

De acordo com o especialista, quando utilizada no tempo correto, a medicina hiperbárica contribui para reduzir o tempo de internação hospitalar, por meio de avaliação conjunta realizada com a área de infectologia, para administração de antibióticos. Em casos como o de osteomielites, infecção nos ossos causadas por bactérias ou fungos, o tempo de hospitalização é diminuído em até 7 dias e o paciente pode ser encaminhado para atendimento em home care.

Centro de Tratamento de Feridas

O Centro de Câmara Hiperbárica do Grupo Leforte, que funciona dentro da Unidade Liberdade, em São Paulo, é responsável pelo tratamento de pacientes com feridas complexas de difícil cicatrização. A equipe trabalha em parceria com o Centro de Tratamento de Feridas, que atua de forma coordenada para oferecer cuidado integral, por meio de equipe multidisciplinar, nas áreas de Cirurgia Plástica, Clínica Geral, Dermatologia, Endocrinologia, Estomaterapia, Fisiatria, Infectologia, Medicina hiperbárica, Nutrição, Ortopedia e Vascular.

Os pacientes contam com o serviço de emergência ou consultas ambulatoriais, para avaliação e direcionamento do para o médico especialista que conduzirá o caso e coordenará a atuação de outros profissionais de saúde, conforme a necessidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.