Hospital Estadual da Mulher faz campanha para arrecadação de vidros e leite humano

Foto: Marilane Correntino

O Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Estadual da Mulher (Hemu) está com baixo estoque de leite em seus refrigeradores, apenas 100 litros. Para garantir com segurança, a alimentação de bebês recém-nascidos prematuros, ou que precisam ganhar peso, internados na unidade de saúde da capital, seriam necessários cerca de 300 a 400 litros.

A coordenação do BLH faz um apelo às mães que estejam amamentando para que façam doações. Quem estiver com excedente de leite e puder doar basta procurar a unidade. O BLH precisa aumentar seu estoque, devido à grande demanda de recém-nascidos prematuros, com baixo peso ou que por algum motivo ainda não estão aptos a serem amamentados diretamente no seio materno, internados na unidade. São cerca de 200 bebês ao mês que necessitam desse alimento.

Para realizar as doações, as mães precisam seguir algumas exigências como apresentar exame de pré-natal que comprove ausência de doenças infecto-contagiosas, não podem ser fumantes, usuárias de drogas ou de bebidas alcoólicas. Além disso, a doadora não pode ter recebido sangue nos últimos seis meses, e não pode fazer uso de medicamentos que contenham restrições à amamentação e consequentemente à doação.

As mães interessadas em doar leite materno podem enviar mensagem para o número (62) 3956-2921 e solicitar a coleta em domicílio.

A  unidade também está precisando de doação de vidros. As embalagens que podem ser reaproveitadas são as de boca larga, com ou sem tampa, normalmente utilizadas em alimentos industrializados, como café solúvel e maionese. Já que a maioria dos potes de vidro possui tampa de metal, o BLH substitui as mesmas por tampas de plástico – mais apropriadas para o armazenamento do leite.

Os interessados em contribuir com a doação de vidros podem fazer a entrega no próprio Banco de Leite do Hemu, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. O BLH se localiza ao lado do hospital, na Rua R-7, esq. Av. Perimetral, s/nº, no Setor Oeste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.