Hospital Lifecenter cria proposta pioneira em Minas Gerais

Lifecenter criará ala de luxo e oferecerá apartamentos com padrão de hotelaria

Para promover um atendimento ainda mais humanizado, o hospital Lifecenter, de Belo Horizonte (MG), vai realizar algumas adequações em suas instalações e entre essas mudanças está a criação de um andar especial, com arquitetura bem diferenciada: o Lifecenter Exclusive. O projeto, pioneiro em Minas Gerais, é assinado pela arquiteta Estela Netto. “Serão 13 apartamentos com banheiros, nos quais trabalhamos uma arquitetura que romperá com o estereótipo estético tradicional dos hospitais, promovendo um espaço acolhedor, confortável, bonito e ergonômico. Isso vai proporcionar aos funcionários, pacientes e seus acompanhantes tranquilidade e bem-estar”, explica a profissional.

O andar terá padrão hoteleiro. Isso significa que o Lifecenter Exclusive oferecerá aos acompanhantes máquinas de café expresso, frigobar, wi-fi, cardápio exclusivo de alimentação e roupas de cama e banho especiais. Tudo para que os momentos vividos ali sejam mais leves.

Sem descuidar em nenhum momento das regras da vigilância sanitária, os apartamentos onde os pacientes serão acomodados possuem revestimentos acolhedores, que imitam madeira. Para as paredes, o escolhido foi o vinílico 100%. “O sofá e as poltronas acolhem com conforto o acompanhante de quem está internado. O mármore branco e marrom imperial também compõem o layout e agregam sofisticação”, acrescenta Estela.

Telas e obras de arte trazem beleza e um clima de relaxamento. Até a iluminação foi cuidadosamente elaborada com essa intenção. “Em todos os apartamentos existem opções de cenas variadas que dão ao colaborador, paciente e seus familiares, total controle da luz disposta no espaço”, conta a arquiteta.

E o conceito de aconchego também foi idealizado para os colaboradores do hospital. “Um ambiente organizado é essencial para garantir produtividade e agilidade nos procedimentos/atendimentos. Por isso, o posto de enfermagem contará com inúmeros armários fechados feitos em tons neutros, suave e elegante, que ajudam a proporcionar mais elegância e bem–estar ao espaço”, detalha Estela.

Outras estratégias foram utilizadas para garantir aos profissionais da saúde um ambiente mais confortável e eficiente para que eles promovam a saúde dos pacientes. “Mesas e cadeiras adequadas ao espaço, armários que permitam deixar documentos sempre à mão dos funcionários, iluminação funcional e decorativa que proporciona mais bem-estar e cores acolhedoras. Tudo foi muito pensado”, assegura a arquiteta.

Com bastante bom gosto e um primoroso cuidado, Estela conseguiu elaborar um projeto que demonstra aos pacientes, seus acompanhantes e aos funcionários, que, colocar-se no lugar do outro é o primeiro passo para enxergar suas necessidades e conseguir atendê-las com carinho. Afinal, um hospital deve ser lugar de valorização da vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.