Hospital Pilar investe em sistema de visualização robótica para cirurgias de alta complexidade

562

O Hospital Pilar, de Curitiba (PR), acaba de adquirir o Sistema de Visualização Robótica KINEVO 900 da ZEISS, referência internacional em microscopia e tecnologias para a indústria médica. O equipamento, que conta com tecnologia de ponta, chega para reforçar o empenho da Instituição em sua missão de oferecer medicina de qualidade e atendimento humanizado aos pacientes da região.

Indicado, principalmente, para cirurgias cranianas e de coluna, em neurocirurgia, e para aplicações nos nervos auditivos e base craniana, em otorrinolaringologia, o KINEVO 900 também pode ser utilizado em cirurgia traumática, plástica reconstrutiva e bucomaxilofacial, proporcionando processos cirúrgicos menos invasivos.

Diferente dos demais microscópios convencionais utilizados no país, o KINEVO 900 possui tecnologia que permite ao cirurgião manusear o equipamento através de sistema de microscopia (binocular) ou com o auxílio do sistema de vídeo e monitor de 55″ 3D/4K, proporcionando visão tridimensional com noção de profundidade e melhor acesso à área afetada, sem a necessidade do uso da binocular. Dessa forma, oferece mais ergonomia e liberdade de ações ao médico.

O Sistema de Visualização Robótica da ZEISS possui ainda o sistema PositionMemory, que possibilita que o cirurgião retorne às áreas exatas de atenção sem precisar reposicionar o equipamento ou mapeá-las novamente.

De acordo com Nicolau Guariglia, gerente nacional de vendas da ZEISS, o Sistema de Visualização Robótica oferece mais segurança e eficiência nas cirurgias. “O KINEVO 900 proporciona total controle em sistema manual ou intraoperatório, por meio do painel no pedal de comando (foot control), permitindo que o  cirurgião trabalhe com as mãos livres, o que ajuda a reduzir movimentos, tempo de cirurgia e, consequentemente, o desgaste físico do  profissional em procedimentos neurológicos de longa duração e alta complexidade”, destaca.

Um dos grandes diferenciais é o sistema de fluorescência intraoperatória. Por meio dele, o cirurgião é capaz de identificar a origem do fluxo sanguíneo, hemorragias, microvasos sanguíneos, distinguir o tecido tumoral do tecido saudável, podendo assim, tomar decisões assertivas e rápidas durante a cirurgia, além de eliminar com segurança todo o tecido comprometido sem afetar áreas funcionais ou saudáveis.

Segundo Rodrigo Milano, Diretor Executivo do Hospital Pilar, a tecnologia oferecida pelo KINEVO 900 é um importante suporte para salvar vidas. “Tanto a área de neurocirurgia, como a de otorrinolaringologia possuem procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, que exigem muito dos cirurgiões. Na cirurgia traumática há ainda o agravante das condições do paciente, que muitas vezes chega em estado crítico ao nosso pronto atendimento. Saber que contamos com um equipamento que oferece informações cruciais, ganho de tempo e segurança aos médicos durante as cirurgias é fundamental e vai ao encontro da nossa missão, que é oferecer medicina de altíssima qualidade somada ao respeito e à humanização no atendimento”, explica Milano.

Nesse sentido, Nicolau Guariglia explica que a ZEISS se preocupa em oferecer tecnologias que facilitem a tomada de decisões durante as cirurgias, sempre em benefício do paciente. “O KINEVO 900 é o que há de mais moderno em microscopia no país, reunindo soluções médicas de alta tecnologia e diferentes funcionalidades em um só equipamento, o que garante que o cirurgião possa realizar procedimentos com alta precisão, objetividade e menor esforço, reduzindo assim o tempo de cirurgia, sua a fadiga física e a debilidade do paciente”, destaca.

Todas as funções do Sistema de Visualização Robótica, acessórios e configurações específicas são operadas pela tela touchscreen que aparece no monitor do equipamento. O KINEVO 900 permite também gravar a cirurgia em alta ou baixa resolução, integrando as imagens ao prontuário eletrônico do paciente.

Deixe seu comentário