Hospital público na região do Xingu é referência de atendimento na Amazônia

360

O Hospital Regional Público da Transamazônica, em Altamira (PA), está localizado em uma região considerada referência para a diversidade socioambiental da Amazônia Brasileira.

Inaugurado em dezembro de 2007, o hospital é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Desde o início da sua atuação no sudoeste do Pará, o Regional da Transamazônica é a principal unidade de saúde para os cerca de 600 mil habitantes que fazem parte dos nove municípios da Região Integração do Xingu: Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.

Um vídeo institucional, lançado na quinta-feira (5), destaca o papel do hospital que em 2016 foi certificado com o selo ONA 3 – Acreditado com Excelência, concedido pela Organização Nacional de Acreditação. O reconhecimento nacional comprova os padrões de qualidade, segurança e gestão do hospital na assistência em saúde.

Assista ao vídeo neste endereço:

Com o reconhecimento nacional, o Regional entrou para a lista dos melhores hospitais públicos do País, sendo a principal unidade no atendimento de urgência, emergência e hemodiálise para a região do Xingu.

O papel dos profissionais de saúde também é determinante no alcance de qualidade obtido pelo hospital, formado por uma equipe multiprofissional atenta aos requisitos de segurança e atendimento humanizado à população.

Em 2018, o Regional da Transamazônica apresentou um desempenho bastante positivo: mais de 416 mil atendimentos com uma média acima dos 90% de satisfação de seus usuários.

Deixe seu comentário