Hospital São Camilo participa do 5º Congresso Brasileiro Todos Juntos Contra o Câncer

767

Referência no tratamento oncológico com seu Centro de Transplante de Medula Óssea, a Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo apresentará, no dia 26 setembro, das 14h20 às 16h, no Congresso Brasileiro Todos Juntos Contra o Câncer, o painel “No Centro do Cuidado: o paciente como um ser integral”. O objetivo é mostrar a importância de uma equipe assistencial, integrada e alinhada com foco no atendimento ao paciente valorizando aspectos das dimensões humanas.

No Fórum, o Hospital São Camilo abordará sobre a importância de olhar a pessoa, e não a doença. O debate apontará os desafios das equipes multiprofissionais, que necessitam, cada vez mais, trabalhar de forma integrada e alinhada com a finalidade de valorizar os aspectos da dimensão humana, inserindo o paciente no centro do cuidado para valorizar e respeitar a sua singularidade. Um dos aspectos mais importantes desse modelo, que será o foco deste painel, é a comunicação e a integração do conhecimento de cada profissional, já que a efetividade só será possível se cada um for além de sua esfera técnica e se reconhecer como integrante do processo.

O encontro será mediado pela Dra. Lucia Eid, Diretora de Práticas Assistenciais, e contará com a presença do Dr. Alvaro Avezum, do Instituto Dante Pazzanese, para contemplar o lado da espiritualidade, Dra. Maria Júlia Paes, especialista em Comunicação Interpessoal com Foco em Equipes de Saúde, e Pamela Cristine Ribeiro, enfermeira da área de Oncologia da Unidade Santana do Hospital São Camilo para contar a vivência e experiência do cuidado integral.

Para Maria Júlia Paes da Silva, Profa. Titular da Escola de Enfermagem da USP, além de doutora e especialista em comunicação interpessoal, a capacidade da equipe para lidar com os conflitos e mal-entendidos que envolvam todo o processo do cuidar, facilitam ou dificultam a obtenção da qualidade necessária e desejável no tratamento do paciente. “A comunicação interpessoal é a base do cuidado, pois ela envolve a consciência na troca e coerência entre as mensagens verbais e não verbais emitidas pelo profissional junto ao paciente e à família, ou seja, a atenção ao seu comportamento, atitude, gestos, além da habilidade de verbalização. As mensagens que enviamos e recebemos não são neutras, além de informações, que também acompanham as emoções e crenças de cada um”, explica.

O 5º Congresso Brasileiro Todos Juntos Contra o Câncer acontece entre os dias 25 e 27 de setembro, no WTC Events Center, em São Paulo (SP). Nesta edição, temas relacionados à Política Nacional de Prevenção e Controle do Câncer serão debatidos pelos principais líderes da Oncologia do país. Organizado pela ABRALE (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), é considerado o maior evento de Oncologia do Brasil, reunindo aproximadamente 3.500 líderes do segmento – entre gestores, médicos, profissionais da saúde, sociedades científicas, terceiro setor, ativistas, advogados e jornalistas atuantes na Oncologia – que se dedicam a iniciativas para a melhoria da prevenção, cuidado e acesso a tratamentos da patologia.

Os temas estão estruturados em cinco principais pilares: prevenção, tratamento, gestão, financiamento e inovação. O Congresso é parte do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer, em parceria com mais de 50 entidades de apoio ao paciente, e objetiva influenciar as políticas na área de Oncologia e acelerar a promoção da saúde.

TMO no Hospital São Camilo

Os Centros de Transplante de Medula Óssea (TMO) da Rede de Hospitais São Camilo estão localizados nas Unidades Pompeia e Santana. Sendo, o da Unidade Pompeia, um dos 29 centros de referência no país autorizados pelo Ministério da Saúde a realizar todos os tipos de transplantes de medula óssea, incluindo os alogênicos não aparentados (quando o doador não é familiar), o que multiplica as chances de se localizar um doador. Sua condição de referência pode ser traduzida em números. O Centro de TMO da Unidade Pompeia realizou, em quatro anos, cerca de 500 transplantes de medula óssea. Em outubro de 2016, a Rede de Hospitais São Camilo, implantou o Centro de Transplante de Medula Óssea na Unidade Santana, o primeiro da Zona Norte de São Paulo. O Centro conta com um ambiente exclusivo para o atendimento aos pacientes que necessitam de cuidados de alta complexidade e está apto a realizar transplantes autólogos de medula óssea.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.