Hospital São Vicente instala portas corta-fogo

O Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV), de Jundiaí (SP), instalou 39 portas corta-fogo nos corredores, elevadores e escadas da instituição. Os dispositivos fazem parte de uma série de ações voltadas para garantir a segurança predial. O investimento foi da ordem de R$ 110 mil.

O supervisor de Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), Iberê Ferraz Santos, explica que as portas atuam como um bloqueador, impedindo ou retardando a propagação do fogo para outros locais. “Após avaliação conjunta com o Corpo de Bombeiros, incluindo área estrutural e possíveis riscos, implantamos as portas por compartimentação horizontal e vertical. Ou seja, separação dos locais por blocos. A horizontal se aplica aos corredores por exemplo, já a vertical aos elevadores e escadas, todos impedindo que, em caso de incêndio, as chamas atinjam a outra parte do prédio”.

O engenheiro também conta que o sistema é automático e utiliza imãs como válvulas para contenção ou liberação das portas. “Ao acionar o sistema de alarme contra incêndios, os imãs instalados nas paredes e nas portas se soltam, fazendo com que as portas se fechem sozinhas. Todos os locais são sinalizados para a rota de fuga e possuem pelo menos um brigadista”.

“Em 2020 conseguimos a aprovação do Projeto Técnico do Hospital São Vicente para viabilizar o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Mesmo com a pandemia, temos realizado adequações frequentes, com investimentos em sistemas internos de segurança, ampliação da rede de hidrantes, adequação de todos os extintores, implantação de sistema de som interno para otimizar a comunicação, contratação de um bombeiro, melhorias no sistema de alarme de detecção de incêndio, instalação de sistema de proteção contra descargas elétricas atmosféricas (SPDA) e a capacitação de 160 brigadistas. Nossas equipes estão comprometidas em fazer com que o ambiente hospitalar seja completamente seguro e protegido”, reforça o superintendente do HSV, Matheus Gomes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.