IESS aborda a Judicialização da Saúde em webinar exclusivo

33

Tema fundamental para o segmento de saúde, a Judicialização é um dos assuntos que mais mobiliza discussões no setor e nos trabalhos da categoria Direito do Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar. Exatamente por essa importância, o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) reúne pesquisadores premiados para abordar a “Judicialização na Saúde – Propostas do Prêmio IESS para reduzir controvérsias” no próximo Webinar IESS que acontece nessa quinta-feira (30), às 16h.

“Tanto o Poder Judiciário quanto a regulação do setor devem garantir segurança jurídica para as diferentes partes envolvidas, sejam pacientes, operadoras, prestadores de serviços e demais”, aponta José Cechin, superintendente executivo do IESS. “Olhando o histórico de trabalhos vencedores da categoria Direito do Prêmio IESS é possível acompanhar como o assunto tem sido tratado e constatar que essas pesquisas, de excelente nível técnico, têm contribuído para o aperfeiçoamento do segmento como um todo e para a tomada de decisão”, analisa.

Com mediação de Luiz Felipe Conde, advogado e avaliador da categoria Direito do Prêmio IESS, o webinar contará com a participação de Marina Fontes de Resende, José Maria dos Santos Júnior e Luciana Mayumi Sakamoto, vencedores da premiação em diferentes edições e com especialidades distintas.

Com transmissão ao vivo nas redes sociais do IESS e no canal do YouTube, a série de encontros busca tratar de diferentes temas importantes para o desenvolvimento do setor de saúde suplementar nacional.

Os interessados podem se inscrever gratuitamente no site da entidade (ess.org.br/eventos) ou acompanhar pelo canal do YouTube (www.youtube.com/iessbr).

Como bem lembrou Cechin, a premiação tem auxiliado na melhoria dos instrumentos e das práticas judiciais no campo da saúde suplementar. “Os trabalhos sempre abordaram uma ampla gama de temas como a regulação do setor, direito do consumidor, equilíbrio dos interesses, regulamentação das relações contratuais, entre tantos outros assuntos relevantes”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

treze − doze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.