IESS debate modelos de gestão integrados entre os setores público e privado de saúde

18

A cooperação entre os setores público e privado é fundamental para tornar o sistema de saúde melhor. A própria Constituição Federal prevê a participação do setor privado de forma complementar ao SUS, além de afirmar que a assistência à saúde é livre para a iniciativa privada. Mas é necessário maior integração entre as duas esferas. É por saber disso que o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) realiza webinar com o tema “Integração Público-Privada na Saúde – Existe interdependência entre SUS e Saúde Suplementar?”, que acontece nesta quinta-feira (24), às 16h, ao vivo no YouTube e nas redes sociais da instituição.

No encontro, serão analisados os desafios que envolvem cada segmento do sistema de saúde e como devem ser as relações entre eles. As atuais deficiências de integração e como construir modelos de gestão com visão sistêmica e integrativa por agentes públicos e privados também estarão no debate.

Para José Cechin, superintendente executivo do IESS, uma maior integração entre a saúde pública e privada é essencial para a melhora do sistema de saúde no Brasil, ainda mais em um cenário como o atual. “No momento de crises econômica, fiscal e sanitária, uma visão integrada do sistema de saúde pode ajudar na busca por respostas aos desafios. É preciso ter uma maior troca de dados e informações entre as empresas e com o setor público para garantir a melhor assistência ao mesmo tempo em que se lida com os crescentes custos do setor”, analisa. “Temos uma enorme possibilidade de o serviço privado contribuir ainda mais com o público, com novas tecnologias, protocolos de atenção e outras iniciativas”, completa.

Com medição de José Cechin, o encontro reúne Ana Maria Malik, coordenadora do FGVSaúde; Carlos Alberto Justo da Silva, secretário de Saúde de Florianópolis; e Marcos Moraes, diretor de Operações do InCor.

A série de debates busca tratar de diferentes temas importantes para o desenvolvimento do setor de saúde suplementar nacional com transmissão ao vivo nas redes sociais do IESS e no canal do YouTube.

Os interessados podem se inscrever gratuitamente no site da entidade (iess.org.br/eventos) ou acompanhar pelo canal do YouTube (www.youtube.com/iessbr).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

3 × 3 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.