Labi anuncia serviço de vacinas prevendo faturar R$ 10 milhões já no primeiro ano

O Labi Exames anuncia mais um novo serviço: vacinação em domicílio. A partir de agora, os clientes podem comprar pelo site do laboratório mais de 30 tipos de vacinas, para todas as faixas etárias, e agendar a aplicação sem sair de casa. O Labi segue as recomendações do Calendário Nacional do Ministério da Saúde e do Calendário de Vacinação recomendado pela Sociedade Brasileira de Imunização, e tem disponível além das aplicações obrigatórias para cada idade, produtos adicionais, não oferecidos pela rede pública.

O objetivo do Labi é ampliar o negócio com um portfólio de produtos que não modifique o seu propósito: oferecer um serviço de qualidade, com conveniência e preços justos. “Esperamos atingir novos públicos e consolidar o nosso relacionamento com aqueles que em 2020, diante o distanciamento social, experimentaram nosso serviço de atendimento domiciliar. Nossa expectativa é que, já em 2021, o produto Vacinas fature cerca de R$ 10 milhões”, afirma Marcelo Noll Barboza, presidente do Labi.

As vantagens das vacinas oferecidas pelo Labi são a sua atualidade e a tecnologia empregadas durante a produção. Para exemplificar, a vacina para a gripe oferecida pela rede privada é tetravalente, enquanto a oferecida pela pública é trivalente*. Além disso, o que diferencia o Labi dos principais concorrentes é o serviço de atendimento domiciliar, que está incluído no valor total, fora as condições de pagamento e parcelamento.

Outra facilidade garantida pelo laboratório é uma consultoria com um profissional da saúde. O cliente envia a foto da sua carteirinha para a enfermagem técnica do Labi e recebe um parecer sobre a sua situação de vacinação, com recomendação sobre quais vacinas estão em dia e quais precisam de regularização. Os clientes podem ter essa orientação por telefone ou WhatsApp.

“Nos últimos anos vemos dados que mostram a queda da vacinação na população brasileira e a preocupação do Ministério da Saúde em atingir a porcentagem mínima das metas de imunização, principalmente em crianças. Ao difundir a importância da vacinação e da prevenção de doenças, antes erradicadas no país, nos alinhamos, ainda mais, ao nosso objetivo de descomplicar o acesso à saúde no país”, completa Octavio Fernandes, VP de operações do Labi.

* Importante salientar que ambas são seguras para a saúde da população e aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.