Laboratório oferece avaliação nutrigenética que permite a prevenção de doenças e de fatores de riscos à saúde

264

Um exame – que pode ser solicitado por um profissional de saúde ou pelo próprio paciente (desde que esteja com o pedido médico) – permite o estudo do DNA para estimar a predisposição ao desenvolvimento de doenças crônicas, como obesidade e doenças cardiovasculares, e outras variáveis que possam causar prejuízo à saúde. Por meio da Genômica Nutricional é possível trabalhar de forma preventiva e personalizada para evitar ou postergar possíveis problemas.

O Nutriviee 2.0 observa 119 variantes genéticas, entre elas genes associados à obesidade; regulação do metabolismo lipídico; risco de desenvolvimento de diabetes tipo 2; hipertensão arterial e sensibilidade ao sódio; metabolismo de Folato; metabolismo da vitamina D e diversas vitaminas incluindo a colina; perfil MIND – que avalia  possíveis alterações para dopamina e serotonina; intolerância à lactose e ao glúten; metabolismo da cafeína e do álcool; modulação da resposta inflamatória, estresse oxidativo e  destoxificação; e o perfil mais novo de bioenergética, que é voltado para a avaliação da nutrição esportiva na performance do indivíduo.

A nutrigeneticista, nutricionista e coordenadora do Grupo de Inteligência Genética do Centro de Genomas, Tatiane Fujii, explica que “para pessoas com dificuldade de emagrecer e que já tentaram inúmeras intervenções nutricionais, o exame vai auxiliar no conhecimento profundo do metabolismo dos macronutrientes (carboidratos, proteínas e lipídios), além do gasto energético e resposta à atividade física”.

Ela acrescenta que o profissional, que trabalha com base nos resultados obtidos pelo Nutriviee 2.0, consegue observar as informações do exame e ajustar possíveis suplementações. Ele ainda pode sugerir mudanças no perfil do paciente, que colaborarem para uma adequação do ciclo circadiano, que comanda o relógio biológico e estabelece os períodos de maior ou de menor energia conforme o metabolismo de cada organismo. “O exame permite que nutricionistas e médicos proporcionem aos pacientes a oportunidade de estratégias personalizadas, otimizando assim a qualidade de vida e a efetividade das intervenções propostas”, explica.

Diferencial

O Centro de Genomas oferece aconselhamento genômico nutricional para os clientes, sejam eles médicos ou nutricionistas, para auxiliá-los na abordagem junto ao paciente. “Acreditamos que à medida que os profissionais conheçam essa ferramenta, nós poderemos, junto com exames bioquímicos e outros complementares, aumentar o saldo de saúde do paciente”, finaliza Tatiane Fujii.

Deixe seu comentário