O legado da pandemia e os profissionais de saúde é tema do simpósio

Práticas baseadas em evidências para redução de danos em saúde, prevenção de infecções e segurança do paciente ocuparam definitivamente o centro do cuidado. Profissionais de saúde foram atingidos em cheio no seu bem-estar pessoal e na vida profissional ao também adoecerem com a Covid-19. Tecnologias digitais desempenharam importante papel para a preparação das equipes e acompanhamento dos pacientes, além de agilizarem o levantamento e avaliação das melhores evidências científicas no combate à pandemia.

Essas e muitas outras questões que reviraram o cenário da saúde em 2020 e 2021 serão ponto de partida para as apresentações e debates do 1º Simpósio da Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente, a SOBRASP, que promove uma profunda análise do legado da pandemia para os profissionais de saúde.

O evento acontece on-line nos dias 10 e 11 de dezembro e tem como temas: CIÊNCIA DA MELHORIA E SEGURANÇA DO PACIENTE: APLICAÇÃO PRÁTICA DA MELHORIA NO DIA A DIA (curso pré-simpósio no dia 10/12, com carga horária de 8h) e INTEGRANDO PROCESSOS, PESSOAS E CONHECIMENTO PARA A QUALIDADE EM SAÚDE E SEGURANÇA DO PACIENTE (dia 11/12, das 8h30 às 18h30). As inscrições estão abertas no site da SOBRASP e destinam-se às equipes multidisciplinares de saúde tais como profissionais de enfermagem, nutricionistas, farmacêuticos, fisioterapeutas, médicos, gestores, estudantes, entre outros interessados no tema.

“O Simpósio aborda pontos que emergiram com muita força no enfrentamento da pandemia pela Covid-19 e que precisam ser debatidos para extrairmos toda a aprendizagem possível. Novas tecnologias são essenciais, mas precisamos avaliar os novos riscos que surgem com sua introdução. A repercussão sobre os profissionais de saúde e como podemos apoia-los é outro elemento fundamental para a segurança do paciente e do trabalhador da saúde”, destaca o presidente da SOBRASP, Victor Grabois.

4 anos de SOBRASP: fortalecendo uma política pública de saúde e um direito humano básico

O 1º Simpósio da SOBRASP também marca o aniversário de quatro anos da entidade, fundada em dezembro de 2017. Neste tempo, a Sociedade promoveu mais de 100 atividades, entre cursos, congresso, campanhas, palestras, webinares e lives; também congrega Grupos Temáticos de Trabalho que geram publicações cientificas, ebooks, manuais de orientação, entre outros, e divulga notas próprias de posicionamento e endossa de outras entidades neste esforço frente a importantes questões da área da saúde que impactam toda a população brasileira.

A entidade tem como foco de atuação o disseminar das boas práticas do cuidado à saúde, o compartilhar conhecimento e habilidades com abordagens sistêmicas, interdisciplinares e voltadas para a construção da cultura de segurança, prevenção de incidentes e eventos adversos. Seu objetivo é fortalecer a qualidade do cuidado e a segurança do paciente como política pública de saúde e um direito humano básico.

“A SOBRASP comemora quatro anos de existência em dezembro, mas é como se estivéssemos atuando há muito mais tempo. A pandemia exigiu demais dos trabalhadores da saúde e a SOBRASP se empenhou ao máximo para difundir evidências científicas e apontar caminhos e estratégias tanto para a redução do número de casos e de óbitos pela Covid-19, como para a saúde de quem estava na linha de frente, profissionais dos quais nos orgulhamos muito. Esperamos fortalecer a SOBRASP ainda mais e contar com associados que participem cada vez mais da luta pela Segurança do Paciente como um direito”, completa Grabois.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.