Mais de 100 mil pacientes em hemodiálise no Brasil precisam mensalmente de 359 milhões de litros de água para o tratamento

A água é muito importante para o ser humano, pois garante a hidratação, pode prevenir a insuficiência renal aguda, ajuda a prevenir a calculose renal, é fundamental para o saneamento básico e para a alimentação. Mas, para os pacientes com doença renal crônica a água é vital. Cada paciente em hemodiálise – método de filtração do sangue por meio de um rim artificial – usa 120 litros de água tratada por sessão de tratamento.

Para produzir 120 litros de água tratada por osmose reversa precisamos de cerca do dobro de água, ou seja, 240 litros. Cada paciente realiza 13 sessões mensais, usando em média 3.120 litros de água/mês. São 115.000 pacientes em tratamento de hemodiálise no Brasil em 2016. Representam o uso mensal de 359 milhões de litros de água.

“A segurança hídrica, a preservação de nossos mananciais e o uso consciente devem fazer parte de nosso dia a dia”, diz a presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Carmen Tzanno

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.