Melo visita Hospital Moinhos e conhece projetos de responsabilidade social para Porto Alegre

Foto: Karine Viana

O prefeito de Porto Alegre (RS), Sebastião Melo, visitou nesta segunda-feira (12) o Hospital Moinhos de Vento — segundo melhor do Brasil nos rankings da Newsweek e da América Economia. A visita institucional foi um agradecimento à direção, aos colaboradores e ao corpo clínico pela contribuição no combate à pandemia da Covid-19. Acompanhado pelo vice-prefeito, Ricardo Gomes, e pelo secretário da Saúde da capital, Mauro Sparta, ele também conheceu projetos de responsabilidade social voltados para a qualificação do SUS e da pesquisa científica.

O encontro começou com um balanço dos atendimentos na pandemia. O Hospital Moinhos de Vento atendeu a quase 10 mil pacientes com Covid-19 desde março do ano passado. Entre os que necessitaram de internação, atingiu um dos índices mais altos de recuperação: 87,9% tiveram alta hospitalar. A média de recuperados entre os que foram hospitalizados com a doença em toda a rede de saúde do Rio Grande do Sul é de 68,1%.

A instituição realizou mais de 60 mil testes PCR, sendo metade em colaboração com o Lacen-RS. Também integrou a maior aliança para pesquisas de tratamentos contra o Coronavírus do país, a Coalizão COVID-19 Brasil, e coordena a terceira fase de estudos clínicos com uma nova vacina, a CoVLP — produzido pela Medicago R&D Inc. em conjunto com GlaxoSmithKline.

Cooperação pela saúde

Resultado de parceria com outras instituições da iniciativa privada, o Moinhos entregou a obra hospitalar mais rápida da história do Brasil. O Centro de Tratamento e Combate da Covid-19 é um legado para Porto Alegre e que atende 100% pelo SUS. O prefeito elogiou os resultados e ressaltou que parceria é o caminho para a construção.

“Queremos ampliar a colaboração, principalmente por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS). Estivemos juntos na entrega do Hospital Restinga e Extremo-Sul (HRES), que representou um ganho muito importante para a nossa cidade, com fortalecimento da saúde em todo o entorno e com serviços de excelência para aquela região”, afirmou.

O superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, aproveitou para parabenizar Melo pela estratégia da Prefeitura de Porto Alegre no atendimento aos pacientes com Covid-19 e, especialmente, no avanço da imunização. A capital gaúcha tem o maior percentual do Brasil de pessoas com o esquema vacinal completo.

Legados futuros

Mohamed lembrou marcos importantes da relação do hospital com a cidade de Porto Alegre. Entre eles, a entrega do Hospital Restinga e Extremo-Sul, há sete anos, que representou uma nova vida aos 110 mil moradores que vivem na região. O empreendimento só foi possível graças aos R$ 230 milhões investidos pela instituição, por meio do Proadi-SUS.

O superintendente destacou que é uma missão seguir contribuindo com a capital. “Sabemos que ter uma rede de saúde referência, com medicina de ponta e excelência, é fundamental para a qualidade de vida da nossa comunidade e, também, para desenvolver o nosso estado e a nossa cidade. Isso atrai e retém investimentos e talentos”, acrescentou.

Só pelo PROADI, existem outros 18 projetos ativos em Porto Alegre. “Além de expandir nossas estruturas, atividades e atendimento do hospital, chegando a cada vez mais pessoas e garantindo a melhor experiência aos nossos pacientes, também seguimos firmes nos projetos via PROADI-SUS, para qualificar a rede pública e melhorar a vida de quem mais precisa”, destacou.

Também participaram da agenda os superintendentes de Operações e Governos, Tanira Torelly Pinto, de Responsabilidade Social, Luis Eduardo Mariath, Administrativo, Evandro Moraes, e Financeiro, Reimbran Pinheiro, a vereadora Mônica Leal e o presidente da Amrigs, Gerson Junqueira Junior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.