Oncologia D’Or promove simpósio virtual de Uro-Oncologia

52

De 8 a 9 de agosto, acontece o V Simpósio Internacional de Uro-Oncologia Oncologia D’Or. Será a primeira vez que o evento será inteiramente virtual. Mais de 40 palestrantes, incluindo sete convidados internacionais, participam da programação formada por 4 módulos temáticos dedicados a explorar os avanços recentes em diagnóstico e tratamento do câncer rim, bexiga, testículo e próstata. “O público pode esperar um evento dinâmico, com abordagem da prática clínica, atualizações recentes sobre os temas relevantes no mundo da Uro-Oncologia e discussões sobre perspectivas futuras, como emprego de novas tecnologias e incorporação de biomarcadores moleculares prognósticos e preditivos”, destaca a radio-oncologista e uma das coordenadoras do Simpósio, Dra. Karina Gondim Moutinho.

A coordenação do encontro reúne ainda Dr. Miguel Srougi, urologista de renome internacional, e os oncologistas clínicos José Maurício Mota e Vinicius Carrera. Dr. José Mauricio, observa que é fundamental a realização de eventos sobre Uro-Oncologia, pois o câncer do trato geniturinário ainda é muito comum. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima para 2020 quase 66 mil casos de câncer de próstata, sendo a neoplasia maior incidência entre os homens e a segunda que mais mata. “Por outro lado, o câncer de testículo é o mais comum entre homens abaixo dos 40 anos”, alerta.

Os coordenadores asseguram que a edição deste ano deve repetir o sucesso dos eventos passados, atraindo um número ainda maior de participantes por estar acessível online. Para garantir o dinamismo em um ambiente virtual, o evento será realizado em uma plataforma de elevada qualidade técnica, que propicia conforto à audiência e sessões interativas com a plateia. “Toda a programação foi elaborada para trazer as mais importantes novidades da área, assim como para revisar conteúdos fundamentais, buscando sempre os assuntos mais relevantes e que possam impactar no dia a dia de quem cuida de pacientes com câncer urológico”, afirma José Mauricio.

Os nomes internacionais confirmados ratificam o alto padrão da programação. Entre eles está o James Eastham, chefe do serviço de Urologia do Departamento de Cirurgia do Memorial Sloan Kettering Cancer Center, reconhecido por seu trabalho em câncer de próstata. Outro destaque é a Arlene Siefker Radtke, do MD Anderson Cancer Center, com reconhecimento internacional no tratamento de pacientes com tumores urológicos. Da área de Radio-Oncologia, haverá a participação do Jason Esftathiou, da Harvard Medical School. Outro nome de peso é o de Michael Hofman, médico nuclear do Peter McCallum Cancer Centre na Austrália, o qual tem despontado na área da imagenologia do câncer de próstata e de rim, além de sua liderança científica em diversos estudos avaliando o uso de radiofarmacêuticos em câncer de próstata.

Simpósio inaugura série de eventos virtuais

O Simpósio de Uro-Oncologia também inicia uma série de eventos virtuais promovidos pela Oncologia D’Or até o final do ano. “A necessidade de isolamento social devido à pandemia não permite a realização de atividades presenciais. Entretanto o câncer continua sendo um problema relevante de saúde e há a necessidade de disseminar os estudos mais recentes a todos os médicos.”, comentou Dr. Paulo Hoff, presidente da Oncologia D’Or. A cada evento, profissionais poderão discutir com especialistas nacionais e estrangeiros o que há de mais recente e efetivo no tratamento dessa doença. Outra novidade é que todos eventos terão conteúdo on demand. Os participantes terão acesso ao conteúdo apresentado pelos palestrantes por seis meses. O calendário completo está disponível no site eventosoncologiador.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

11 + dez =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.