Pós-Covid: Projeto auxilia na recuperação física de pessoas que venceram a doença

A recuperação da Covid-19 é um desafio para quem consegue superar a doença. Após deixar o hospital, muitos pacientes precisam ainda enfrentar algumas sequelas, como a perda muscular, cansaço, mobilidade reduzida e dificuldade de equilíbrio. Para auxiliar na reabilitação física de pessoas acometidas pelo vírus, docentes e alunos do curso de Educação Física do Centro Universitário Max Planck – UniMAX, do Grupo UniEduK realizam atendimentos no Programa Vencer, da Prefeitura de Indaiatuba (SP), em parceria com a UniMAX.

O programa é a ampliação do trabalho realizado pelo Departamento de Reabilitação Física e Mental (Derefim), da Prefeitura Indaiatuba que, desde o ano passado, oferece tratamento especializado para pacientes com sequelas musculares ou cardiorrespiratórias decorrentes do vírus da Covid-19.

Todos passam pela fisioterapia para avaliar a evolução do paciente na reabilitação. De acordo com o diagnóstico, a pessoa pode ser encaminhada para uma equipe multidisciplinar, que conta também com profissionais de Educação Física, terapeuta ocupacional e fonoaudiólogo.

Há dois meses, o programa já atendeu 30 pacientes, com exercícios físicos direcionados a melhorar a qualidade de vida das pessoas, que vão de movimentos simples, como sentar em uma cadeira, até complexos, de fortalecimento muscular.

Os pacientes são acompanhados semanalmente pela Secretaria Municipal de Saúde e Esportes e por alunos e docentes da UniMAX, na Estação Cidadania (Cidade Nova 2) e no Complexo Esportivo do Jardim Morada do Sol.

A intervenção para melhora da aptidão física pode durar entre oito há 12 semanas. Após este período, se o paciente quiser dar continuidade ao treinamento e melhora de sua condição física, ele será convidado a frequentar os programas de Lazer Esportivo da Secretaria Municipal de Esportes de Indaiatuba

De acordo com o gestor do curso de Educação Física do Grupo UniEduK, Taiguara Bertelli Costa, a instituição de ensino participa da estruturação do programa com respaldo acadêmico-científico. “A Covid-19 é um desafio, um marco em termos de saúde pública e que terá repercussão por muitos anos. Para a Educação Física, enquanto área, é de extrema necessidade aprender a enfrentar e atuar frente a essa população. Esse programa tem como principal característica ser um programa desenvolvedor de tecnologias assertivas, cientificamente embasadas que, de fato, possam promover a saúde em populações que foram, infelizmente, acometidas pela doença”, explica o docente.

Lucas Grutila, aluno do 8 º semestre do curso de Educação Física participa do projeto auxiliando a prescrever os exercícios físicos para os participantes, na aferição da temperatura, frequência cardíaca, e saturação de oxigênio, além de uma avaliação de esforço. “O estágio que venho realizando é de extrema importância para minha formação acadêmica. Estou aprendendo diariamente vendo as dificuldades e limitações destes pacientes”, orgulha-se.

Programa Vencer

Total: 50 vagas

Locais: Poliesportivo Complexo Morada do Sol (25 vagas) e Polo Esportivo Estação Cidadania (25 vagas).

Atendimentos:

Segundas e quartas-feiras, no Poliesportivo Complexo Morada do Sol, das 8h às 9h, 9 às 10h, 16 às 17h e 19 às 20h.

Endereço: R. Ricardo Bergamini – Jardim Morada do Sol, Indaiatuba – SP

Terças e quintas-feiras, no Poliesportivo Estação Cidadania, das 8h às 9h, 9h às 10h, 16h às 17h e 19h às 20h.

Endereço: Cidade Nova II, Indaiatuba – SP

Inscrições: Os interessados devem entrar em contato com o DEREFIM para depois serem encaminhados para o programa VENCER

Informações: (19) 3935-2791/2762

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.