Risco iminente de falta de sangue pode comprometer tratamento de pacientes em São Paulo

214

Um único gesto solidário que pode salvar até quatro vidas! Porém, os Bancos de Sangue precisam constantemente alertar a população de que essa simples e imprescindível ação não pode cair no esquecimento, como vem ocorrendo atualmente, em tempos de pandemia. As medidas de isolamento social estão afetando severamente as doações de sangue.

“Estamos atravessando uma situação muito crítica, pois temos estoque suficiente para apenas 12 dias, sendo que o ideal seria uma cobertura, de pelo menos 20 dias, para que possamos atender aos pacientes com segurança”, explica Bibiana Alves, líder de captação do Banco de Sangue de São Paulo, informando ainda que o sangue O- enfrenta uma situação pior, com apenas 6 dias de cobertura.

Segundo a líder de captação, há uma preocupação frente a esse cenário, pois se os doadores não se mobilizarem, pode faltar sangue, colocando em risco a vida de inúmeros pacientes em tratamento.

“Estamos enfrentando um déficit em nossos estoques que ultrapassa a marca dos 50%. Isso está ocorrendo porque as pessoas estão com medo de sair de casa para doar sangue. Mas é preciso que elas saibam que estamos tomando todas as medidas de segurança e proteção. E que o sangue, em muitos casos, é a única esperança de vida, para o qual não existe nenhum substituto”, ressalta Bibiana.

Ao mesmo tempo em que há menos doadores disponíveis, a demanda por sangue nos hospitais vem aumentando. Somente nesta semana, o registro foi 39% maior em relação aos períodos anteriores. “Isso vem ocorrendo porque alguns hospitais voltaram a atender aos procedimentos cirúrgicos eletivos e não apenas situações emergenciais”, explica Bibiana.

Portanto, a doação de sangue é essencial à vida. “Se as pessoas pararem de doar sangue, além da crise que o Brasil enfrenta com o surto do Coronavírus, poderemos enfrentar também grande crise de desabastecimento de sangue”, conclui a líder de captação.

Requisitos básicos para doação de sangue:

  • Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Pesar no mínimo 50 kg;
  • Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
  • Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;
  • Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
  • Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
  • Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
  • Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;
  • Não ter diabetes em uso de insulina;

❗ Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o CORONAVÍRUS:

  • Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
  • Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 14 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
  • Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;
  • Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Banco de Sangue de São Paulo

Unidade Brigadeiro

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 2533 – 4º. Andar – Jardim Paulista

Tel.: (11) 3373-2000

Atendimento: Segunda a sexta, das 8h às 17h, e sábado, das 08h às 16h Estacionamento gratuito.

Unidade Hospital Edmundo Vasconcelos

Endereço: Rua Borges Lagoa, 1450 – Vila Clementino

Tel.: (11) 5080-4435

Atendimento: Segunda a sábado, das 8h ao 12h

Estacionamento gratuito.

Deixe seu comentário