Unidade de Oncologia recebe segunda certificação de qualidade do ano

343

A Unidade de Oncologia da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), em Ipatinga (MG), recebeu esta semana a aprovação para participar de mais um importante estudo científico internacional que visa a implementação de novas tecnologias no tratamento do câncer. “A pesquisa clínica é uma interessante forma de disponibilizar tratamentos de última geração aos pacientes assistidos pelo Hospital Márcio Cunha (HMC)”, afirma o Coordenador da Pesquisa Clínica da FSFX, Dr. Luciano de Souza Viana.

O estudo, que testa quimioterapia associada à radioterapia para câncer de pulmão avançado, será iniciado ainda no mês de fevereiro. Dessa forma, o HMC passa a contar com uma opção terapêutica, extremamente moderna, disponível somente nos grandes centros mundiais de tratamento oncológico. “Desde 2018, participamos de oito estudos internacionais, sendo beneficiados diversos pacientes que tiveram acesso a medicamentos de alto custo e tratamentos de radioterapia de alta tecnologia”, diz Dr. Luciano.

Para ingressar neste estudo, o departamento de radioterapia da Unidade de Oncologia foi avaliado pelo principal centro internacional de garantia da qualidade em radiações, a Quality Assurance Review Center (QARC), pioneira na acreditação de serviços de radioterapia participantes em ensaios clínicos.  Sediada na Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts, nos EUA, a QARC integra a Rede Nacional de Ensaios Clínicos, vinculada ao Instituto Nacional do Câncer dos EUA.

“Estamos todos orgulhosos pela aprovação no estudo e também por esta avaliação positiva das técnicas de radioterapia conformacional (3DRT) e Radioterapia de Intensidade Modulada (IMRT) praticadas pelo serviço. Esta autorização extrapola a oportunidade de participação do estudo, mas corrobora com nossa avaliação e sentimento de que realizamos em nosso serviço as melhores práticas da radioterapia mundial”, afirma a Gerente da Unidade de Oncologia, Ledvânia Chaves Ribeiro.

Esta é a segunda acreditação internacional que a Unidade de Oncologia recebe este ano. Recentemente, o departamento de radioterapia foi avaliado como o melhor serviço brasileiro em planejamentos e controle de qualidade de IMRT, em sistemas de planejamento Eclipse, da empresa Varian.

A unidade de oncologia da FSFX é o serviço que mais utiliza alta tecnologia, IMRT e radiocirurgia, para pacientes SUS em Minas Gerais e, seguramente, se posiciona entre os 10 principais serviços do país. “Nestas duas avaliações internacionais, a equipe responsável pela execução dos tratamentos de radioterapia, os fizeram durante a rotina clínica, entre tantos atendimentos assistenciais do serviço, aos moldes e seguindo o protocolo de atendimento praticado diariamente aos nossos pacientes. A radioterapia realizada no HMC é certamente uma das mais qualificadas do Brasil”, reforça o médico do corpo clínico da FSFX e responsável técnico do departamento de radioterapia da unidade de Oncologia do HMC, Prof. Dr. Harley Francisco de Oliveira.

“Para este ano temos o projeto de instalação de um sistema de radioterapia guiada por imagem, o que proporcionará aos pacientes tratados em nossa unidade a realização de uma radioterapia de extrema precisão e possivelmente em muito menor tempo de aplicação. Com o IGRT poderemos reduzir para cinco ou 10 dias, tratamentos que são realizados geralmente em 30 ou 40 dias.” completa Ledvânia Ribeiro.

Unidade de Oncologia

A Unidade de Oncologia do Hospital Márcio Cunha foi incorporada à Fundação São Francisco Xavier (FSFX) em 2011, e, desde então oferece a população do Leste de Minas acesso a tratamento de câncer nos mais altos padrões do setor. Referência no assunto para cerca de 1,5 milhão de habitantes de 88 municípios, cerca de 80% dos atendimentos realizados no local são destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Os pacientes acolhidos na Unidade de Oncologia passam por equipe especializada no atendimento de casos de suspeita de câncer. São atendidos de forma integrada e multidisciplinar, com envolvimento de todos os setores e profissionais, garantindo ainda mais efetividade no tratamento. No último ano, a unidade realizou mais de 26 mil atendimentos de quimioterapia e 22 mil sessões de radioterapia, consultas e exames de medicina nuclear.

Deixe seu comentário