Unimed Sorocaba inaugura centro especial às crianças portadoras de TEA

No último 1º de setembro foi inaugurado o Centro de Reabilitação Neurológica (CRN) da Unimed Sorocaba (SP), criado para oferecer atendimento multiprofissional e especializado às crianças de até 12 anos de idade que sejam portadoras de Transtorno do Espectro Autista (TEA). Compareceram ao evento cooperados, diretores executivos, membros dos Conselhos de Administração e Técnico, cooperados, gestores médicos e não-médicos e colaboradores, sobretudo do Núcleo de Atenção à Saúde (Nais), onde o centro está localizado.

Basicamente, o CRN oferecerá aos atendidos terapias pelo método ABA (Applied Behavior Analysis), por meio do qual trabalha-se o reforço dos comportamentos positivos, e pelo Conceito Evolutivo Bobath, que visa melhorar a função motora grossa e o controle postural, facilitando a atividade muscular por meio de pontos-chave.

Até então, crianças com TEA eram atendidas pela rede credenciada da Unimed Sorocaba, a qual será mantida, mas, com o CRN, agrega-se mais um local especializado. De acordo com a diretora de Assuntos Médicos da instituição, doutora Agnes Clini Baptista, com a criação do centro será possível ampliar ainda mais o acompanhamento e controle dos seus tratamentos, o que deverá resultar em uma melhora na qualidade de vida dos pacientes. “Este centro de reabilitação é um sonho que tínhamos que realizar. Ele se tornou possível graças à ajuda de toda a equipe do Nais e, com certeza, será um centro de ponta”, destacou.

Para que a criança seja atendida, seu médico assistente deverá solicitar o acompanhamento pelo CRN. O centro funciona no Nais (Av. Brasil, 1.146), de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. A equipe de atendimento é composta por fisioterapeutas, fonoaudiólogas, terapeuta ocupacional e psicóloga e tem como coordenador médico o doutor Alex Tadeu Moraes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.