Vaquinhas virtuais criadas a partir do Coronavírus já arrecadaram mais de R$ 15 milhões

62

Desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavírus, a solidariedade tem ficado cada vez mais em evidência. Diante do isolamento social, campanhas de arrecadação online se tornaram o principal meio de ajudar as pessoas. O Vakinha, por exemplo, primeiro e o maior site de vaquinhas online do Brasil, viu o número de arrecadação em campanhas criadas a partir do coronavírus chegar ao valor total de mais de R﹩ 15 milhões. Além disso, mais de 250 mil vaquinhas foram abertas desde fevereiro deste ano, o que mostra que é um movimento que veio para ficar.

Para dar ainda mais visibilidade à causas neste sentido, o site disponibilizou uma página específica de campanhas relacionadas aos efeitos da Covid-19 na sociedade, que vão de fundo emergencial para fins de alimentação e saúde, produção de respiradores, proteção à comunidades e pessoas carentes, até o auxílio a profissionais e pequenos empresários que precisam de apoio financeiro para continuarem os seus negócios. O crescimento do número de campanhas publicadas com viés solidário no site foi de 30 a 40% e os valores movimentados ultrapassam 300 mil doações por mês, com a pandemia.

“O número de campanhas criadas mensalmente já era alto. Com o início da pandemia e o isolamento social vimos isso disparar e é ótimo sentir que as pessoas estão cada vez mais empáticas e solidárias às mais diversas causas da sociedade. Queremos sempre ser o site em que toda a ajuda começa. Ver o impacto que tudo isso gera na vida das pessoas nos dá ainda mais motivação para continuarmos envolvidos em tantas das causas mais importantes do Brasil’, afirma Luiz Felipe Gheller, CEO da empresa.

Campanhas de arrecadação como saúde, comoções nacionais, animais, educação, esporte, entre outras causas pessoais já chamavam a atenção. Com este efeito, o Vakinha chegou recentemente ao marco de 1 milhão de vaquinhas abertas, contabilizando 2 mil novas campanhas por dia.

O processo no Vakinha acontece de forma muito simples: o usuário acessa a plataforma, faz um rápido cadastro e abre sua vaquinha, inserindo informações e a causa a ser contemplada, meta, data de encerramento e uma imagem ilustrativa. A partir disso, o dono da campanha a compartilha com a sua rede, e, na medida em que recebe contribuições, o Vakinha debita do valor arrecadado com uma taxa fixa de 6,4%. A partir do recebimento da doação, o valor total fica disponível para saque, que é transferido das contas do Vakinha para a conta direta do usuário. As taxas e prazos são iguais para todas as vaquinhas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

17 − 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.