Quem tem medo da mamografia?

Diariamente, me perguntam: por que tantas mulheres nunca fizeram a mamografia, mesmo tendo a indicação para o exame? Bem, são vários fatores, incluindo barreiras psicológicas.

Brasil exige saúde de qualidade

Já faz bom tempo, a saúde é apontada em pesquisas de diversos institutos de opinião como uma das principais preocupações do brasileiro.

Fraudes contra saúde: crime quase perfeito

É consenso entre pessoas civilizadas o repúdio às fraudes em sistemas de saúde. Não obstante, em várias partes do mundo, noticiam-se indícios ou a comprovação da nefasta prática de desvio de verbas, em especial, públicas. Buscar as causas desses desvios exige investigação hercúlea: a depender da estrutura administrativa de cada país, do poder do Estado, da legislação aplicável para coibir e punir o uso indevido do dinheiro destinado a melhorar a saúde da população.

Medicamento Experimental: dever do Estado?

Em recente decisão o Tribunal de Justiça do Distrito Federal determinou que uma operadora de plano de saúde realizasse o fornecimento de um medicamento experimental para tratamento contra o câncer.

Odontologia e medicina: estreitando relações em favor da satisfação do paciente

Restabelecer a saúde física e mental do indivíduo é objetivo comum a várias profissões e exige um conhecimento multidisciplinar. Nesse contexto, médicos, cirurgiões-dentistas, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos e esteticistas têm se unido cada vez mais em congressos, pesquisas e procedimentos clínicos, visando à integração de conceitos que permitam tratar o indivíduo como um todo.

Se persistirem os sintomas, consulte um psicanalista

Numa sociedade em que o cidadão é monitorado por olhos eletrônicos, faróis inteligentes, câmeras digitais, numa constante sensação de paranóia implícita, o resultado não pode ser dos melhores. Quando a vida pessoal se transforma num inferno particular, o mal-estar crônico adquire novas formas sintomáticas e a ansiedade toma conta.

O novo idoso

As datas comemorativas, além das merecidas homenagens que suscitam, são fontes de reflexões e balanços. Festejamos em 1º de outubro o Dia Internacional das Pessoas Idosas, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) durante uma assembleia mundial sobre envelhecimento, realizada em Viena, na Áustria, em 1982. O objetivo foi qualificar a vida dos mais velhos, por meio de ações de integração social e saúde.

A Infertilidade do homem está em alta

É isso mesmo. Já estava na hora. Os tempos mudaram. Vez ou outra eu me lembro de um tio, já falecido e possuidor de uma razoável fortuna, que viajava o mundo em busca de tratamentos para conseguir ter filhos. Só soube disso quando eu já beirava os trinta anos. Era um segredo de família que só meu pai, seu irmão, sabia. Uma intimidade familiar. Era uma época em que viagens ao exterior eram privilégios dos ricos, viagem de longa duração pelo tempo de vôo ou de navio.

Medicina personalizada – a visão do brasileiro

Os avanços da farmacogenômica provocam inegáveis expectativas nas sociedades médica e civil, que veem cada vez mais próxima a possibilidade de adaptar os tratamentos clínicos à genética de cada pessoa.